Sunday, 20 de September de 2020

GERAL


Motos

Alta no preço do combustível aquece mercado

05 May 2011

Baixo consumo de combustível, facilidades de aquisição (mais barato e acessível que um automóvel), facilidade para estacionar e achar vagas em estacionamentos, baixa manutenção, essas são algumas vantagens que têm contribuído cada vez mais para que o mercado das motocicletas aumente seus índices de vendas em Palmas. De acordo com proprietários
e gerentes de concessionárias de motos da capital, a venda de motos deve ter um aumento em torno de 15% a 30% nos próximos 60 dias. O principal motivo é o aumento no preço do litro do combustível, que está acima de R$ 3,00 em alguns postos de Palmas.

Segundo a proprietária de uma concessionária de motos, Stella Bueno, nos últimos meses as vendas tiveram uma queda significativa, mas a expectativa é que haja um aquecimento no comércio de duas rodas de até 30% nos próximos meses. “Se o preço do combustível continuar em alta ou estabilizar, sem dúvida as vendas devem aumentar devido às vantagens que a motocicleta oferece e a economia no fim do mês”, garante.

Quem também aposta em um crescimento de 10% a 15% na comercialização de motos é o diretor administrativo de outra concessionária, Alailson Fonseca Dias. “Muitos motoristas têm feito uma análise de viabilidade para trocar o carro por moto com o aumento expressivo do litro da gasolina. Os fatores positivos para aquisição de uma moto são diversos, além de consumir menos combustível, o consumidor deixa de depender do transporte coletivo, que muitas vezes deixa a desejar,
segundo os próprios clientes”, disse, informando ainda que 83% das vendas de motos são de 50 a 150 cilindradas.

Consumidor
Desempregado há poucos meses, Pedro Azevedo Silva conta que trocou seu carro popular por uma moto depois do aumento do preço da gasolina. “Estou desempregado e não tenho condições de possuir um carro. Fiz as contas e neste momento, sem dúvida, a moto é mais viável”, conta.

COMPARTILHE:


Confira também:


Covid-19

Tocantins registra 717 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 192.422 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.167casos confirmados. Destes, 45.266 pacientes estão recuperados, 17.035 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.

Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense

Além do corregedor-geral da Justiça, votaram os desembargadores Marco Villas Boas, Moura Filho, Jacqueline Adorno, Ângela Prudente, Eurípedes Lamounier, Maysa Vendramini, Etelvina Maria Sampaio Felipe e, por último, o presidente Helvécio Maia Neto.


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios

Serviços serão executados em Cristalândia, Lizarda e Paranã


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica


Agricultura

Governo do Tocantins e Ministério da Agricultura retomam convênio e fortalece assistência a agricultores familiares



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira