Friday, 25 de September de 2020

GERAL


Valorização da Polícia

Apresentado por Luana Ribeiro, anteprojeto que regulamenta carreira jurídica de delegados de polícia valoriza categoria

10 Oct 2019
Divulgação Apresentado por Luana Ribeiro, anteprojeto que regulamenta carreira jurídica de delegados de polícia valoriza categoria

Apresentado pela deputada estadual Luana Ribeiro no dia 2 de outubro deste ano, o anteprojeto de lei que solicita ao governo do Estado regulamentação de carreira jurídica a delegados de polícia é, para a parlamentar, uma forma de valorizar e atender reivindicação antiga da categoria. “As funções de polícia judiciária, a natureza do cargo, o grau de responsabilidade e a complexidade do cargo de Delegado de Polícia exigem, para a investidura no cargo, formação acadêmica de bacharel em direito e aprovação prévia em concurso público. Por esta razão, o cargo é de cargo é de carreira jurídica, conforme previsto na Lei nº 12.830/13”, destaca a parlamentar na justificativa da apresentação da proposta. “Destaca-se ainda que além das funções de polícia judiciária e investigativa, o delegado de polícia desempenha e executa atividades de direção, supervisão, coordenação, planejamento, orientação, execução e controle da administração da polícia judiciária bem como outras atribuições previstas na lei de carreira”, complementou o documento.

Ainda na justificativa, a deputada Luana Ribeiro destaca algumas das atribuições do profissional: “Quem pensa que as atribuições do Delegado de Polícia se resume a atos investigativos, engana-se redondamente. Além de presidir o inquérito policial, o delegado de policial lavra auto de prisão em flagrante e Termo Circunstanciado, arbitra fiança de ofício; apreende e restitui objetos relacionados com o crime; requisita as perícias; representa por programas de proteção às vítimas e testemunhas; garante as primeira medidas de proteção às vítimas de violência doméstica; além de determinar de oficio outros procedimentos previstos no Código de Processual e Leis esparsas, sempre primando pela legalidade e garantias constitucionais. Por conseguinte, o Delegado de Polícia exercer funções de natureza probatória, cautelar e coercitiva, as quais auxiliam a justiça criminal”.

Para Luana Ribeiro, “o delegado de polícia não pode ser mais visto como mero um profissional de segurança pública que investiga, executa diligências e comanda operações policiais”. “Ele representa a polícia judiciária, Estado Investigação, que cumpre funções de natureza probatória, cautelar, coercitiva e fornece às autoridades judiciárias as informações necessárias à instrução e julgamento dos processos da justiça criminal. Neste diapasão, o cargo de Delegado de Polícia exige sólidos conhecimentos jurídicos, acompanhamento da legislação e das decisões dos Tribunais, já que lida com a liberdade e dignidade do cidadão”, complementa a parlamentar.

COMPARTILHE:


Confira também:


Doação de Órgãos

Secretaria de Saúde realizará momento alusivo ao Dia Nacional de Doação de Órgãos

Ação será realizada domingo, 27, às 17h na Praça dos Girassóis.

Saúde

Tocantins registra 685 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 200.736 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 65.994 casos confirmados. Destes, 49.016 pacientes estão recuperados, 16.068 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 910 pacientes foram a óbito.



Economia

Conselho de Desenvolvimento Econômico aprova incentivos fiscais para empresas de diversas regiões do Estado

Os projetos aprovados incentivam a geração novos de postos de trabalho, além de contribuir com a economia, bem como aumentar a arrecadação do Estado


Eleições 2020

Podemos registra chapa com candidatos a prefeito, vice e 29 vereadores

Candidato a prefeito, Alan Barbiero enaltece chapa proporcional do partido: “sem dúvidas, temos o melhor, mais completo e qualificado grupo para disputar as vagas no Legislativo Municipal”


Fakes News

Qual será o impacto das fake news nas eleições municipais?

O papel de prefeitos e governadores no que diz respeito ao controle da pandemia também foi alvo de fake news, especialmente depois que o STF (Supremo Tribunal Federal) declarou a autonomia dos Estados e municípios para definir regras sobre isolamento.


Obras em Palmas

Propostas para 2ª etapa do CAF em Palmas serão conhecidas em outubro


Ações

Vice-governador apresenta ações de combate à pandemia e incêndios florestais no 21° Fórum de Governadores da Amazônia Legal


Saúde

Câmara de Palmas convoca Audiência Pública para prestação de contas da saúde


Convênio

Vice-governador Wanderlei Barbosa e ministro Onyx Lorenzoni assinam convênio de R$ 2,5 milhões para Programa de Aquisição de Alimentos


Conscientização

Governo do Tocantins lança campanha para consumo consciente de água


Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira