Friday, 06 de December de 2019

GERAL


Críticas

Atendimento da BRK Ambiental motiva críticas de parlamentares

13 Sep 2019
Divulgação Atendimento da BRK Ambiental motiva críticas de parlamentares

Motivado por críticas ao atendimento da BRK Ambiental, o líder do
Governo na Assembleia Legislativa, deputado Gleydson Nato (PHS),
comentou na manhã desta quinta-feira, 12, os serviços prestados pela
empresa, bem como a situação enfrentada pela Agência Tocantinense de
Saneamento (ATS).

Vários parlamentares questionaram a falta de água, a cobrança de altas
tarifas e a falta de investimento nos municípios atendidos pela
multinacional, a exemplo da capital Palmas.

Para o líder do Governo, a BRK fica com o “filé mignon” dos serviços de
abastecimento e saneamento, atendendo às 47 maiores cidades do Estado, e
a ATS com 51 municípios de menor população. Segundo ele, a empresa
promove “o sofrimento ao povo do Estado”, devido aos altos valores
cobrados.

O deputado afirmou que a Agência de Saneamento recebeu da gestão
anterior uma dívida de R$ 3,8 milhões, e que 40% da arrecadação se
destinam ao pagamento do referido débito, estando sob auditoria o
restante dos R$ 2,4 milhões já pagos. “Com vistas a aperfeiçoar o
atendimento das regiões mais carentes de água no Estado, a ATS está
melhorando equipamentos e perfurando novos poços”.

Gleydson garantiu que o presidente da agência, Romis Alberto da Silva,
está determinado a resolver o problema da água no Tocantins. “A BRK faz
cobranças exorbitantes, sendo que um dos pontos mais absurdos é o
proprietário ter de pagar os serviços dos técnicos da empresa quando há
a necessidade de avaliar a tubulação para constatar vazamento”, observou
a deputada Vanda Monteiro (PSL).

Os parlamentares Leo Barbosa (Solidariedade), Elenil da Penha (MDB) e
Delegado Rérisson (DC) também pediram explicações. Por fim, foi sugerida
a realização de audiência pública para debater as demandas e soluções
aos problemas apresentados.

COMPARTILHE:


Confira também:


Servidores

Governo decreta jornada de 6 horas para Executivo Estadual

Nova jornada começará a vigorar a partir desta segunda-feira, 9, indo até o dia 31 de janeiro


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira