Tuesday, 16 de July de 2019

GERAL


Meio Ambiente

Audiência pública discute saúde e proteção dos animais

17 Jun 2019    16:44    alterado em 17/06 às 16:44
Clayton Cristus Audiência pública discute saúde e proteção dos animais

A Comissão de Saúde e Assistência Social realizou na manhã desta
segunda-feira, 17, audiência pública conduzida pela autora do
requerimento, deputada Claudia Lelis (PV), para debater sobre saúde e
proteção dos animais.

A audiência teve o objetivo de discutir soluções e projetos para redução
de maus-tratos aos animais domésticos, controle de natalidade e
prevenção de doenças causadas por zoonoses.

Compareceram à audiência representantes de Organizações Não
Governamentais (ONG) em defesa dos animais, órgãos públicos responsáveis
pela área ambiental e de Saúde, OAB e universidades.

Como convidado participou o ex-secretário de Bem-Estar Animal da
Prefeitura de Canoas (RS), Gabriel Gonçalves, que apresentou iniciativas
bem-sucedidas em seu Estado que podem ser implantadas no Tocantins. Uma
delas é o mutirão de castração de cães e gatos, além de programas
educativos de incentivo à castração e combate aos maus-tratos desses
animais.

Presidente da Fundação de Meio Ambiente de Palmas, Meire Carreira, que
representou a prefeita Cintia Ribeiro, defendeu a elaboração de novas
ações e programas de proteção aos animais por meio de parcerias entre
órgãos públicos municipais e estaduais, ONG’s e universidades.

Por sua vez, a superintendente de Vigilância Epidemiológica da
Secretaria da Saúde, Perciliana Joaquina, que representou o secretário
estadual Edgar Tolini, sugeriu a definição de atribuições para execução
de ações e captação de recursos.

“Precisamos de um programa de identificação e monitoramento desses
animais, para planejar ações de prevenção e tratamento, e posteriormente
analisar o resultado com relação à redução de doenças por zoonoses e ao
impacto na sociedade”, analisou.

Representando a OAB, o presidente da Comissão da Defesa de Direito dos
Animais, Ademir Teodoro, destacou que o Estado precisa de políticas
públicas que contemplem castração, identificação e controle dos animais
domésticos.

Ademir ainda propôs a criação de programa destinado aos animais dentro
da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, a fim de que recursos sejam
incluídos no orçamento do próximo ano para a viabilização das ações, e
também a sensibilização da bancada federal para criação de leis e
destinação de recursos a essa finalidade.

Uma das sugestões feitas por Claudia Lelis é referente à participação de
um representante no Conselho Gestor do Comitê de Proteção e Defesa dos
Animais, criado na Secretaria de Meio Ambiente, para buscar recursos
junto ao Fundo Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Outros encaminhamentos foram a criação de patrulha ambiental para
resgate de saúde de animais domésticos; a criação de Lei Estadual que
criminaliza e pune maus-tratos aos animais; e a criação de castramóveis
ou outro programa de castração de machos felinos e caninos, na tentativa
de reduzir a procriação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Raio X

Inadimplência do consumidor cresce 0,9% no primeiro semestre de 2019

De acordo com o indicador do SPC Brasil, mais da metade das dívidas pendentes (53%) de pessoas físicas no país têm como credor algum banco ou instituição financeira

Turismo

Abrajet leva jornalistas para o Rally das Águas em Itacajá nesta sexta-feira

Com poucas vagas, as inscrições para participação estão sendo feitas pelo fone 63 99974-2116 com Suzana Barros, sócio fundadora da Abrajet-TO.



Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco

As regiões pretendem integrar a Rede de Cidades Criativas da entidade. Atualmente, o país conta com oito selos; resultado sai até fim de outubro


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip

Benegrip Multi Dia e Noite terá ação digital integrada em multiplataformas do Grupo Record


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação

A Seciju, por meio da Gerência de Prevenção contra as Drogas e Núcleo Acolher, orienta dependentes e co-dependentes a procurar o serviço desenvolvido pelos grupos de ajuda mútua, como Alcóolicos Anônimos (AA), Narcóticos Anônimos (NA) e Amor- Exigente.


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais


Influencer

Gabriel Farhat comanda direção artística de novo projeto musical


Defensoria

DPE-TO defende criação de ambulatório trans no Tocantins


Palmas

Cine Cultura renova parceria com Sessão Vitrine e promove encontro com o premiado produtor João Vieira na terça, 16


Em Palmas

Membro de grupo estratégico da Embrapa apresentará dados sobre produção e preservação no cerrado e Matopiba


Interior

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável em Itacajá



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira