Tuesday, 22 de October de 2019

GERAL


Homenagem

Câmara de Palmas presta homenagem àqueles que lutam na prevenção e conscientização sobre drogas

26 Jun 2019    17:26
Divulgação Câmara de Palmas presta homenagem àqueles que lutam na prevenção e conscientização sobre drogas

O dia 26 de junho marca a data escolhida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o Dia Internacional de Combate às Drogas e, na mesma data, a Câmara Municipal de Palmas realizou Sessão Solene em homenagem às pessoas, entidades e Organizações não Governamentais (ONGs) que lutam em busca da prevenção e conscientização sobre drogas. A sessão foi um requerimento do vereador Tiago Andrino (PSB).

Ao iniciar a sessão, Andrino destacou que a Câmara não poderia deixar de homenagear as pessoas que saem todos os dias para trabalhar no combate às drogas. “As drogas podem ser vistas como uma epidemia. Os números mostram que as drogas matam mais do que guerras, acabam com famílias, destroem sonhos. Apesar de o nome escolhido pela ONU dizer apenas combate, nossa homenagem tem como palavra-chave “prevenção”. Estamos aqui para homenagear aqueles que têm responsabilidade na prevenção e acolhimento de pessoas que são vitimas das drogas”, analisou.

O trabalho de prevenção foi o que destacou também o corregedor-geral do Ministério Público do Tocantins, Marco Antônio Alves Bezerra. O procurador falou ainda do viés financeiro por trás das drogas e afirmou que um traficante preso é rapidamente substituído por outro, mas, ainda assim, é possível combater o uso de drogas. “Essa guerra pode ser vencida por nós. Tenho esperança que por meio do engajamento como estes que vemos aqui hoje, com tanta gente envolvida. É com este tipo de trabalho que podemos reverter esta guerra”, enfatizou.

Neste sentido também, o delegado da Polícia Civil Guilherme Rocha afirmou que para se combater se fato às drogas é necessário que seja realizado um trabalho intersetorial. “O problema da droga não é uma questão de prisão apenas ou condenação de traficantes. É um problema social, que tem ser combatido por meio políticas integradas, que faça a faça a prisão não como fim, mas como meio, com a redução da oferta de drogas para que a prevenção atue”, analisou.

Um dos homenageados na sessão, o deputado Eli Borges (PROS) falou sobre a importância da família na luta contra as drogas. “A base inicial de tudo é uma família coerente, construindo pessoas para o resto da vida. Vemos que hoje muitos pais estão ausentes na construção do caráter dos seus filhos e até os sete anos de idade que se forma 70% do caráter das pessoas”, destacou.

Foi a participação das famílias e sociedade como um todo, que frisou Hélio Santana (PV) ao afirmar que é necessário unir forças e “envolver a sociedade como um todo para se ter um trabalho mais efetivo”. Já o vereador Rogério Santos (PRB) falou sobre as dificuldades das drogas. “A pessoa quando ingressa quer um momento de descontração. Pensa que não vai se tornar um viciado, que vai ter força para entrar e sair, mas ninguém sabe quem tem e quem não tem pré-disposição”, finalizou.

Ao longo da Sessão foram entregues homenagem a pessoas, entidades e ONGs, como a Polícia Militar, Fazenda da Esperança, Programa Nação Rap, Casa de Recuperação CRER, dentre outros.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

HGP volta a registrar menor índice de ocupação operando com 81% de sua capacidade

Número é resultado do novo fluxo de atendimentos aos pacientes implantado na unidade hospitalar


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira