Monday, 15 de October de 2018

GERAL


Educação

Carlesse reforça compromisso com a educação ao assinar pacto com o Ministério Público

12 Sep 2018    17:53
Divulgação Carlesse reforça compromisso com a educação ao assinar pacto com o Ministério Público

O governador Mauro Carlesse (PHS) foi o primeiro candidato ao Governo do Tocantins a assinar uma carta de compromisso com a educação de qualidade proposta pelo Ministério Público do Estado (MPE) e Ministério Público de Contas (MPC). O ato de assinatura ocorreu na tarde desta quarta-feira, 12, no Gabinete do procurador–geral de Justiça, José Omar.


Antes da assinatura, o chefe do MPE destacou os pontos que estavam na carta e agradeceu Mauro Carlesse pela disposição de assumir o compromisso. José Omar conclamou que o Estado possa trabalhar em parceria com o Ministério Público para o bem maior da população.


“Estamos tentando sensibilizar os candidatos para que eles, ao assinarem esse compromisso, de fato se comprometam em transformar a educação do Tocantins, fazendo com que ela seja de qualidade e para todos. Estamos na torcida para que todos os candidatos se sensibilizem com este acordo, a exemplo do que fez o governador Carlesse nesta tarde”, disse José Omar.


Carlesse respondeu ao procurador que está comprometido em elevar o Tocantins para um novo patamar, com uma administração séria, moderna e focada nos resultados. O governador destacou também que no curto período em que está à frente do Executivo, muitas ações e projetos já foram executados. “Assumimos um Governo com muitas dificuldades em todas as áreas, mas estamos empenhados em desenvolver um trabalho transformador. Hoje, fizemos aqui um compromisso com o Ministério Público propondo a constante melhoria no nosso sistema de educação pública. Isso demonstra a nossa seriedade com esse tema e com o Tocantins”, afirmou.


Sobre a Carta


A iniciativa tem por objetivo formalizar o comprometimento dos candidatos ao Governo do Tocantins com políticas públicas durante o mandato, que visem à oferta de educação de qualidade. 


Com a assinatura do documento, os candidatos se responsabilizam em priorizar o financiamento constitucional do direito à educação e em atender as metas estabelecidas nos Planos Nacional e Estadual de Educação. 


A carta menciona ainda a universalização da oferta da educação básica obrigatória e gratuita dos 4 aos 17 anos de idade; a aplicação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb); e os padrões mínimos de qualidade de ensino necessários ao desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem.


Presentes


Acompanharam o ato de assinatura da carta de compromisso com a educação de qualidade o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vida; o subsecretário de Educação, Juventude e Esportes, Robson Vila Nova; os procuradores João Rodrigues, José Maria da Silva Júnior, Demóstenes Abreu, Alcir Ranieri, além do procurador-geral de Contas, Zailon Miranda Labre Rodrigues.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

13

PARABÉNS!
PARABÉNS!

8

BOM
BOM

14

AMEI!
AMEI!

10

KKKK
KKKK

9

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

9

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

6

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

carlesse mpe educação

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Eleições 2018

Jair Bolsonaro anuncia plano de privatização e prega união do país

Viagens ao Nordeste, única região do país onde não liderou a votação do primeiro turno, ainda não estão fechadas.

Ocorrência

Polícia Civil autua dois suspeitos por tráfico de drogas

Em razão dos fatos, Wemerson foi autuado em flagrante delito pela prática dos crimes de desobediência, tráfico e associação para o tráfico.



Eleições 2018

Haddad busca o centro e prega estabilidade democrática no 2º turno

Haddad precisa reverter uma diferença de 16,7 pontos percentuais em relação ao adversário, Jair Bolsonaro (PSL), que obteve 46,02% dos votos válidos no primeiro turno.


Ponto de vista

Criança e professor - uma construção para o futuro

Nas redes sociais são várias as manifestações para celebrar a data especial para crianças com contribuições diversas e histórias hilárias.


Eleições 2018

Twitter teve 2,7 milhões de postagens sobre divergências políticas

Números da Dapp mostram ainda que, no mês que antecedeu o debate eleitoral, a cada dia uma média de 35,9 mil tweets fazia menção a agressões e casos de violência associados ao contexto político das eleições


Eleições 2018

Alto Comissariado da ONU condena violência durante eleições no Brasil


Palmas

Anderson Camacho lança o livro "Um Dia de Cada Vez"


Campanha

Bolsonaro defende união e anuncia nomes para eventual ministério


Palmas

Concerto Divas homenageia em Palmas grandes celebridades da música nacional e internacional


Interior

Polícia Civil conclui inquérito e indicia autor de homicídio em Porto Nacional


Serviço

Seagro participa da posse do novo presidente da Embrapa em Brasília



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira