Wednesday, 26 de September de 2018

Wednesday, 26 de September de 2018

GERAL


Educação

Casa do Estudante de Palmas será inaugurada

06 Jun 2008

Com mais de 1.500 metros quadrados de área construída, a Casa do Estudante de Palmas “Jornalista Jaime Câmara”, será entregue na próxima quarta-feira, 11, em evento que acontece a partir das 9h no pátio da “Casa”, localizada na 203 Norte, antiga Arno 21. A programação que contará com atrações artísticas e culturais, terá a presença do governador, Marcelo Miranda; do Secretário de Juventude, Ricardo Ayres; do Prefeito de Palmas, Raul Filho e de várias autoridades estaduais e municipais. A obra é idealizada pela Sejuv – Secretaria Estadual da Juventude e conta também com recursos da Secretaria Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano; e Prefeitura de Palmas. Estrategicamente construída próxima ao restaurante comunitário da região norte e de fácil acesso a linhas de transporte coletivo para os universitários, a “Casa do Estudante” impressiona pela sua grandiosidade: são 30 apartamentos divididos em dois pisos, áreas de convivência, telecentro com 10 computadores e sala de estudos, com capacidade para 120 estudantes. Os apartamentos contam com mesas, cadeiras, beliches, colchões, ventiladores, armários, televisão e forno microondas. A obra custou cerca de 1,4 milhões de reais com a injeção de recursos da Secretaria Estadual da Juventude; do Fundo de Apoio à Moradia Popular da Secretaria Estadual da Habitação e Desenvolvimento Urbano; de emendas parlamentares dos ex-deputados estaduais Sargento Aragão e Paulo Sidnei (hoje vice governador) e da deputada estadual Solange Duailibe no orçamento do Estado de 2006; e de convênio com a Prefeitura de Palmas. A Sejuv e a Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, juntas, alocaram R$ 900.000,00 (novecentos mil reais), para aquisição da mobília e construção da “Casa”.


O Homenageado


Filho de Joaquim Rebouças de Oliveira Câmara e de Maria Melquíades de Miranda, Jaime Câmara nasceu em 1909 no município de João Câmara, no Rio Grande do Norte. Em 1930, veio para Goiás, se instalando na cidade de Goiás, antiga capital do Estado. Na cidade trabalhou na Loteria Estadual por dois anos, indo posteriormente, com apenas 23 anos, trabalhar na Imprensa Oficial do Estado na função de revisor. Em 1934 junto com alguns jornalistas criou a Associação Goiana de Imprensa. No ano seguinte montou em sociedade a J. Câmara e Cia. Ltda. que seria o embrião do complexo de veículos de comunicação - Organização Jaime Câmara. No Tocantins, o empresário foi o pioneiro da mídia televisiva – instalou a televisão Anhanguera em Gurupi, e o Jornal do Tocantins (impresso fundado em 1979), se antecipando a criação do Estado. Teve atuação política destacada: Foi Deputado Federal por dois mandatos e prefeito eleito de Goiânia. Exerceu ainda, a presidência e a diretoria da Caixa Econômica de Goiás e Banco do Estado de Goiás, respectivamente. Foi Secretário de Agricultura e de Viação e Obras Públicas no Estado e Superintendente de Reforma Agrária.

 

Um pouco de história


A história da criação do Estado do Tocantins está diretamente ligada ao movimento protagonizado por estudantes no final da década de 50. Eles viam na implantação de uma universidade federal e na implementação de ações culturais na região, a melhor forma de tirar do isolamento, o antigo norte de Goiás. Assim foi fundada a Casa do Estudante do Norte Goiano - Cenog, em Porto Nacional, no ano de 1959. A Cenog, pela sua importância para a iniciação política estudantil, contrariava o governo dos militares - que em 1964 tomaram o poder, dando fim ao movimento cinco anos depois, em 1969. Porém o legado ficou: Passados 37 anos da extinção da mobilização dos ditos, “rebeldes” estudantes, mas com o mesmo propósito de tornar-se um espaço de discussões, de debates e congressos, o projeto Casa do Estudante, ganhou a partir de 2006, corpo e forma. Segundo o Secretário de Juventude, Ricardo Ayres, a Casa do Estudante não é apenas um espaço físico. “O resgate histórico do que realmente representa a Casa do Estudante, remonta à década de 50. A luta dos estudantes travada àquela época deve ser sempre lembrada. Queremos que ela (a casa), seja um espaço de debate para a clientela estudantil, assim como foi no passado que muito nos dignifica”, finalizou.

 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

13

PARABÉNS!
PARABÉNS!

15

BOM
BOM

13

AMEI!
AMEI!

11

KKKK
KKKK

10

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

8

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

9

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Operação Midas

Polícia Civil participa de Operação Midas realizada em todo o País

Para dar unidade de linguagem seguimento à operação, a Polícia Civil do Tocantins informa que a entrevista coletiva sobre os dados iniciais da operação acontece às 11h horas

Irregularidades

Vistoria realizada pelo MPE constata irregularidades em obra da Feira da 307 Norte

Outro problema detectado foi a falta de vigilância para evitar a ação de vândalos durante o período de obra.




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira