Saturday, 14 de December de 2019

GERAL


Última semana

Chuvas alagam alguns pontos de Gurupi

19 Feb 2009

Na última semana, as chuvas que caíram em Gurupi preocuparam moradores de algumas regiões da cidade. A ocorrência de chuvas fortes tem sido constante, e dura cerca de duas horas.

Na última terça-feira (10), a chuva, que começou por volta das 19h e durou cerca de uma hora, causou falta de energia elétrica e alagamentos em alguns setores que todos os anos sofrem nesse período.

Os raios e trovões que vieram junto com a água deixaram os moradores ainda mais preocupados, principalmente aqueles quem moram em locais de risco, como é o caso das proximidades do córrego Mutuca e córrego Pouso do Meio.

A Avenida Ceará, esquina com a Beira Rio, ficou alagada, e o trânsito no local tornou-se perigoso. Apenas quem não tinha outra opção é que se arriscou na enxurrada.

João Salles, que presenciou o alagamento, conta que o ideal para alguns pontos de Gurupi seria a construção de galerias subterrâneas que conseguissem escoar a água. “Já vi situações semelhantes em outros lugares, e o problema só foi solucionado quando instalaram essas galerias”, disse.

Naquele dia, o Corpo de Bombeiros recebeu inúmeras chamadas, principalmente dos moradores do Jardim da Luz e Tocantins. O comandante da 4ª Cia. do Corpo de Bombeiros da Região Sul, Tenente Rodrigues, disse que, nesse período, os moradores devem ficar atentos a qualquer sinal de alagamento.

Ele afirmou que foram analisadas as possibilidades de enchente, casas alagadas e residências em risco, mas felizmente não foi constatado nada de mais grave. Ele ainda ressaltou que os moradores foram orientados para que, caso voltasse a ter fortes chuvas, procurassem lugares mais seguros.

Segundo o Tenente, os lugares que oferecem mais riscos são as proximidades aos córregos que cruzam o perímetro urbano, mas nada que os moradores possam ficar alarmados.

COMPARTILHE:


Confira também:


SSP

Polícia Civil prende três pessoas e apreende 10,5 kg de pasta base de cocaína

Policiais monitoraram por cinco meses atuação criminosa. Droga era oriunda do estado do Mato Grosso.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira