Tuesday, 16 de October de 2018

GERAL


Crimes Eleitorais

Combate aos crimes eleitorais: Delegados, agentes e escrivães foram capacitados nesta terça-feira

16 May 2018    15:09
Combate aos crimes eleitorais: Delegados, agentes e escrivães foram capacitados nesta terça-feira

Sob auditório lotado, o Sindicato de Delegados da Polícia Civil do Tocantins (Sindepol/TO) realizou a segunda edição do Seminário de Combate aos Crimes Eleitorais com o foco na atuação para as Eleições 2018. Nesta edição com a parceria do Sindicato dos Polícias Civis (Sinpol/TO), Delegados, agentes e escrivães receberam orientações com palestrantes de renome nacional e internacional no âmbito eleitoral, nesta terça-feira, 15, no auditório da Fecomércio/TO.

Ao abrir o seminário, o presidente do Sindepol/TO, Mozart Félix, disse que o evento é a materialização de uma  demanda dos Delegados da Polícia Civil. “Agradecemos a presença dos Delegados, agentes e escrivães que vieram de grandes distâncias para tornar mais eficiente a atuação no processo eleitoral em todo o estado. É importante lembrar que somos uma polícia de estado, que a sociedade tocantinense perceba que não representamos nenhum governo, e para isso precisamos ter uma atuação firme e rigorosa”, disse.

Assessor jurídico do Tribunal Administrativo de Cundinamarca de Bogotá, o PHD Javier Rincón Salcedo, apresentou sobre o cenário colombiano no tema “Financiamento irregular de campanha”, ao qual revelou os principais crimes eleitorais que ocorrem no país. Ainda discorreu sobre como a Colômbia enfrentou o narcotráfico e sobre o acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que pode sair da guerrilha para o mundo da política. “O impedimento do financiamento de campanha com fontes proibidas foi uma das alternativas para limpar o processo eleitoral”, destaca.

A “Captação irregular de sufrágio”, tema abordado pela assessora da Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Fernanda Lage, explicou as especificidades do Artigo 41A da Lei Federal nº 9.504/97 e demonstrou alguns exemplos de casos de todo o Brasil em que a lei se aplica. “A lei determina que se o candidato doar, oferecer, prometer, ou entregar, ao eleitor, visando o voto, durante o processo eleitoral, poderá ser considerado captação irregular de sufrágio, ou a popular, compra de voto”, relata.

Também integrou a programação, a palestra “Inquérito policial eleitoral e produção de prova” com o procurador da república no Tocantins, Álvaro Manzano, que  destacou algumas recomendações para melhorar a qualidade das provas. “A prova testemunhal na seara eleitoral deve ser vista com certa reserva, especialmente quando existir ligação da testemunha com o grupo político. Gravações em áudio e vídeo dos depoimentos das testemunhas qualificam as provas”, informa.

Participante ativo no seminário, o titular da 5ª Delegacia de Polícia de Palmas, Evaldo Gomes, relatou.“O Sindepol está promovendo uma grande oportunidade para reciclar os conhecimentos, para atuarmos como de fato, os crimes eleitorais,” conclui o participante.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

46

PARABÉNS!
PARABÉNS!

34

BOM
BOM

49

AMEI!
AMEI!

46

KKKK
KKKK

39

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

33

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

26

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Sindepol Crimes Eleitorais Eleições 2018

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Economia

Vendas para o dia das crianças sobem 2,2% em 2018, segundo Boa Vista SCPC

A elevação das vendas nessa data segue em linha com a tendência de aumento do comércio e da atividade econômica no ano, em um ambiente que contempla um reaquecimento lento do mercado de trabalho e um retorno tímido do consumo das famílias.

Vistoria de Obras

Mauro Carlesse vistoria andamento de obras da Avenida NS-15

Obras do trecho visitado pelo governador, nesta segunda-feira, 15, estão bem adiantadas e envolvem serviços de drenagem e terraplanagem



Municípios

ATM divulga estimativa do 1% do FPM adicional que será repassado em dezembro aos Municípios

Previsão de repasse pelo Governo Federal é para o dia 07 de dezembro


Segurança

Solenidade abre etapa Palmas da Academia Itinerante da Polícia Civil

Ao final da cerimônia, foram ministradas as primeiras aulas da Turma XIV do curso de aperfeiçoamento “Academia Itinerante 2018”, que se finalizam em 20 de outubro.


Educação

Última semana de inscrições para o Vestibular 2019/1 da Unitins

As provas (objetiva e de redação) acontecem no dia 2 de dezembro de 2018.


Destaque

Pesquisador da USP vence prêmio alemão Green Talents 2018


Interior

Nossa Energia: cadastro da Tarifa Social chega a Palmeirante


Eleições 2018

Haddad busca o centro e prega estabilidade democrática no 2º turno


Ponto de vista

Criança e professor - uma construção para o futuro


Eleições 2018

Twitter teve 2,7 milhões de postagens sobre divergências políticas


Eleições 2018

Alto Comissariado da ONU condena violência durante eleições no Brasil



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira