Wednesday, 20 de November de 2019

GERAL


Isenção de Impostos

Deputados repercutem política de isenção de impostos no Estado

17 Oct 2019    09:53
Divulgação Deputados repercutem política de isenção de impostos no Estado

A intenção do Poder Executivo em elevar a alíquota reduzida de 1,3% para
4,5%, que atinge a indústria frigorífica no Estado do Tocantins, foi o
foco dos debates na sessão desta quarta-feira, dia 16, na Assembleia
Legislativa.

A questão foi aberta pelo deputado Zé Roberto (PT), que criticou o
excesso de isenções fiscais. “A isenção só favorece aqueles que não
pagam imposto. A empresa produz, leva tudo e não contribui em nada com o
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)”.

Para o deputado, alguns incentivos destinados a grandes indústrias, como
a da soja, trazem mais prejuízos do que benefícios para o povo. Ele cita
a situação do município de Campos Lindos, produtor de soja, como um
reflexo da falta de desenvolvimento. “O benefício tem que chegar ao
povo, especialmente ao pequeno produtor. Além disso, o imposto deve ser
proporcional, ou seja, quem arrecada mais, paga mais; quem arrecada
menos, paga menos”, defendeu.

A deputada Cláudia Lelis (PV) conclamou os parlamentares à busca de
alternativas viáveis, a fim de dar mais segurança jurídica a
investidores e empreendedores, especialmente aos micro, pequenos e
médios empresários. “Precisamos começar pela base, encontrarmos um
caminho, pois os pequenos são a maioria e respondem por 90% da geração
de emprego e renda em nosso Estado”, ressaltou.

Já Elenil da Penha (MDB) disse apoiar as revisões fiscal e tributária,
mas alertou que é preciso equilíbrio, pois avaliou a renúncia fiscal
como fonte de emprego e renda, uma vez que beneficia alguns segmentos
empresariais no Estado. “Não estou defendendo as empresas, mas as
atividades produtivas”.  Para o deputado, o imposto precisa ser justo;
portanto, é preciso estudar caso a caso.

Na visão do deputado Ricardo Ayres (PSB), o equilíbrio fiscal é
essencial para trazer desenvolvimento ao Tocantins. “Esse equilíbrio não
acontece apenas pelo custeio, mas também por incentivos que devem ser
concedidos a fim de viabilizar atividades econômicas não existentes no
Estado, como a produção de querosene, por exemplo”, justificou.

De acordo com a maioria dos oradores, o Tocantins precisa promover
urgentemente um Plano de Revisão Fiscal para melhorar a política de
fiscalização e o controle da atividade produtiva do Estado. Ou seja, é
necessário um projeto de desenvolvimento realista e moderno, que não
prejudique o produtor e amplie a responsabilidade social das empresas.

Também se pronunciaram a favor da reforma os deputados Delegado Rérisson
(DC), Leo Barbosa e Amélio Cayres, ambos do Solidariedade.

COMPARTILHE:


Confira também:


Hospital de Amor

Com apoio de voluntários da AL, unidade do Hospital do Amor de Palmas será entregue em 2020

A construção do Hospital do Amor em Palmas está orçada em R$ 120 milhões e contempla três unidades: de diagnóstico, tratamento e de prevenção e pesquisa.

Refis 2019

Refis 2019 já negociou R$ 96,6 milhões, mas débitos ainda podem ser regularizados até 30 de novembro

O secretário de Finanças, Rogério Ramos alerta para que os contribuintes fiquem atentos para não perderem a oportunidade de negociar seus débitos e ficarem em dias com os tributos municipais.



Segurança

Carlesse busca mais recursos para Segurança Pública em audiência com ministro Moro

Reunião ocorrida nesta quarta-feira, 20, no Ministério da Justiça e Segurança Pública, serviu também para apresentação do plano de investimentos dos recursos já assegurados


Vestibular Unitins

Estão abertas as inscrições para primeiro vestibular do novo Câmpus da Unitins em Paraíso

As inscrições são feitas exclusivamente pelo site da instituição www.unitins.br. As provas serão aplicadas no dia 19 de janeiro e as aulas já começarão em fevereiro, seguindo o calendário acadêmico dos outros câmpus já existentes, Palmas, Araguatins, Augus


Museu

Palacinho é reaberto e ex-governador Siqueira Campos homenageado

Obras de manutenção e reabertura foi fruto de parceria do Governo do Estado e do Grupo Amigos do Palacinho


Sarampo

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de novembro


Novembro Azul

Acreditar Tocantins: Pesquisa revela que 31% dos homens não têm o hábito de ir ao médico regularmente


Museu Histórico

Palacinho reabre com expografia e projeto museológico renovados


Estradas

Governo conclui obras de melhoria de estradas vicinais que ligam aldeias indígenas na região noroeste do estado


Bloqueio de Celulares

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados hoje em 17 estados


Educação Superior

Unitins lança Vestibular com 120 vagas para novo Câmpus de Paraíso



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira