Monday, 21 de October de 2019

GERAL


Economia

Endividamento na Capital aumentou em setembro

07 Oct 2019    10:03

A pesquisa que mede o endividamento e a inadimplência dos consumidores de Palmas (PEIC) obteve um resultado diferente no mês de setembro registrando um crescimento de 1,3% no número de endividados. Com relação a inadimplência, o porcentual se manteve o mesmo de agosto, 12,1%. Palmas se mantem acima das médias das capitais no nível de endividamento, mas positivamente, abaixo no nível de inadimplentes.

 

Apesar desse índice geral ter aumentado, 58,3% dos entrevistados consideram-se pouco endividados. Para a assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso, este cenário se deve ao tipo de dívidas e ao baixo índice de inadimplência. “Os consumidores têm uma sensação de terem poucas dívidas porque como em sua maioria conseguem pagar sem atrasos, as dívidas se tornam corriqueiras e fazem parte do dia a dia”, ressaltou. Mas ela alerta: “é imprescindível que as pessoas tomem cuidado e mantenham uma média de até 30% de sua renda familiar comprometidas com dívidas. Planejamento é fundamental”.

 

O ranking dos tipos de dívidas mais comuns continua sendo em primeiro lugar o cartão de crédito, seguido de financiamento de carro e carnês. Dentre os inadimplentes, 64,6% disseram ter condições “parcialmente” de pagar suas dívidas atrasadas.

 

A maioria dos entrevistados no Tocantins, 35,5%, disseram que seus atrasos variam entre 30 e 90 dias, resultando em uma média de 42,5 dias. Já com relação ao tempo de comprometimento com a dívida, 46,5% disseram ter dívidas que vão além de 1 ano. Por fim, 70,6% responderam que comprometem de 11 a 50% de sua renda familiar com dívidas. A média de comprometimento da renda familiar com dívidas ficou em 33,3%.

 

Dados nacionais

 

Na pesquisa nacional também foi percebido aumento no endividamento. Além disso, os indicadores de inadimplência acompanharam a alta do endividamento. O percentual de famílias com contas ou dívidas em atraso passou a 24,5% em setembro contra 24,3% em agosto. O percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso, por isso permaneceriam inadimplentes, aumentou na comparação mensal, 9,6% em setembro contra 9,5% em agosto.

 

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, destaca que, apesar do aumento nos atrasos, as famílias brasileiras se mostraram, na comparação anual, mais otimistas em relação à capacidade de pagamento: “A perspectiva de renda extra com os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ajuda a explicar esse resultado”.

 

(Com colaboração da Ascom/CNC)

COMPARTILHE:


Confira também:

ONGs de fachada
Falta controle no TO

Economia

Governador destaca mineração como fator de desenvolvimento econômico e geração de empregos

Declaração do Chefe do Executivo ocorreu durante leilão da jazida de minério de Palmeirópolis, nesta segunda-feira, 21, no Rio de Janeiro. Expectativa é que dois mil empregos sejam gerados com a instalação no empreendimento

Economia

Comércio puxa recuperação na oferta de vagas de emprego no estado

Ainda sobre o Caged, setembro mostra que Araguaína foi a cidade com maior variação negativa (-139 vagas) e Porto Nacional com variação positiva (167 vagas). A capital Palmas registrou uma variação de – 42 vagas.



Cooperação Técnica

Governo assina termo de Cooperação Técnica com instituições públicas e privadas para execução de ações de pesquisa e extensão agropecuária

Termo estabelece condições para o bom andamento dos trabalhos propostos na área do Centro Agrotecnológico de Palmas


Outubro Rosa

Resolve Palmas promove palestra sobre prevenção ao câncer de mama

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no Brasil e depois do câncer de pele não melanoma, correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%


Legislativo Municipal

Câmara de Palmas funcionará em novo endereço a partir de 2020

A estrutura da 104 Norte tem área total edificada de 5.065,55 metros quadrados, contra os 4.300 m² do prédio atual, localizado na Teotônio Segurado.


Saúde Animal

Seu Pet pode ser um doador de sangue


GOTE

Suspeito de cometer crime de coação é preso pela Polícia Civil no Norte do Estado


Educação superior

Universidade Estadual prorroga inscrições para Vestibular 2020/1 até 7 de novembro


Porto Cereais

Governo do Estado avalia concessão de benefícios fiscais para empresa que exporta feijão para China e Índia


AL

Presidente da ATS deve ser convidado a prestar esclarecimentos


TJTO

“Tudo funciona melhor quando nos colocamos na posição de ouvinte”, destaca o presidente do TJ ao abrir seminário



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira