Tuesday, 25 de February de 2020

GERAL


Alerta

Energisa reforça combate a ligações clandestinas no Tocantins

28 Jan 2020
Energisa reforça combate a ligações clandestinas no Tocantins

Quem realiza ligação clandestina de energia, além de cometer crime previsto no Código Penal Brasileiro, coloca em risco a própria vida e a de vizinhos. Por isso, a Energisa realiza fiscalizações rotineiras em todo o estado para combater os furtos de energia e fraudes. Em 2019, mais de 5.800 irregularidades foram descobertas no Tocantins.

 

O combate às fraudes e furtos de energia é indispensável para manter a qualidade no fornecimento de energia. "Ligações clandestinas oferecem risco à população, pode até causar curto-circuito na rede elétrica e prejudicar não só quem fez, mas a sua família e os vizinhos", reforça Mauro Inácio dos Santos, gerente de Serviços Comerciais da Energisa.

 

O total de energia furtada em 2019, no Tocantins, foi de 32.000.000 de kWh (quilowatt-hora) o que daria para abastecer, por um ano, cerca de 23 mil famílias com consumo médio de 110 kWh. “Nós estamos falando de abastecer uma cidade como Paraíso do Tocantins durante o ano inteiro. Furtar energia é prejudicial para a sociedade em diversos sentidos”, destaca Mauro.

 

A população tem papel importante nesse processo. A identidade de quem denuncia é mantida em total anonimato. A denúncia pode ser feita pelo Call Center 0800 721 3330 (ligação gratuita) ou pelo site www.energisa.com.br em Serviços Online - Mais Serviços - Denuncie Furto de Energia.

 

Furto e fraude

 

O furto de energia é o ato de desviar ou puxar energia da rede elétrica, sem o conhecimento e a autorização da concessionária responsável e sem qualquer tipo de registro da energia consumida. Esses são os famosos ‘gatos’ ou ligações clandestinas. Já a fraude é caracterizada por um ato intencional de manipulação nos equipamentos de medição da concessionária, com o objetivo de reduzir ou ‘zerar’ o faturamento efetivo de uma unidade de consumo.

 

Ambos são crimes previstos no Código Penal Brasileiro: Fraude, Artigo 171 (estelionato) e Furto, Artigo 155. A pena para esses crimes é de um a quatro anos de reclusão. Além disso, são cobrados os valores retroativos referentes ao período fraudado acrescidos de multa. Quando a fraude ou o furto são descobertos, o responsável também pode ter o seu fornecimento de energia suspenso.

 

Canais de atendimento

 

• Aplicativo Energisa On (disponível para iOS, Android e Windows Phone)

www.energisa.com.br    

www.facebook.com/energisa     

• Agências de atendimento presencial

• Call center - 0800 721 3330

• Ouvidoria - 0800 646 1196

COMPARTILHE:


Confira também:


É festa!!!

Turismo durante o carnaval deve movimentar R$ 8 bi na economia

Pelo menos 36 milhões de brasileiros devem curtir a festa

Palmas

Programação do ‘Carnaval do Amor’ resgata memória afetiva com clássicos do forró

Participação especial e última atração da noite, a dupla ‘Alex e Matielo’ que além de levar ao público o sertanejo universitário, estilo carro-chefe de trabalho, eles também diversificaram seu repertório com o samba, brega funk e o forró.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira