Monday, 27 de May de 2019

GERAL


Restituição de Milhões

Estado pode ter que restituir ao Município de Palmas centenas de milhões de reais recebidos na época da construção da capital

21 Feb 2019    17:12

Atuando em colaboração com procuradores municipais, o Ministério Público Estadual (MPE) busca viabilizar a restituição, aos cofres públicos do Município de Palmas, de prejuízos causados pela extinta Companhia de Desenvolvimento do Estado do Tocantins (Codetins). Conforme levantamentos preliminares, o valor de futura execução pode chegar a mais de R$ 350 milhões.

A questão teve início em 1989, quando a Câmara Municipal de Palmas autorizou o Poder Executivo local a celebrar convênios com a Codetins. Pelo ajuste, o Município de Palmas repassaria à Codetins as verbas do Fundo de Participação dos Municípios (FMP) em troca da construção de obras de infraestrutura e da realização de serviços urbanos na capital. Na prática, o convênio transferia à Codetins parcela da administração do Município de Palmas.

Nesse contexto, o então servidor público Carlos Henrique Amorim ajuizou uma ação popular, no ano de 1991, para o reconhecimento da nulidade dos convênios firmados com a Codetins e para a indenização dos respectivos danos. Mais à frente, com o abandono do processo pelo autor, o MPE acabou por assumir a titularidade da ação popular.

Em sentença de 2013, confirmada pelo Tribunal de Justiça em 2015, a Codetins foi condenada a reparar os prejuízos causados pelos convênios, em montante a ser apurado, descontados os valores referentes às obras de infraestrutura, a fim de não haver enriquecimento sem causa por parte do Município de Palmas. Entretanto, ainda falta obter uma série de dados, como o período de vigência dos convênios e seus aditivos, o quantitativo total das verbas do Fundo de Participação dos Municípios repassadas à Codetins e a quantia gasta nas obras de infraestrutura.

A convite do promotor de Justiça Saulo Vinhal, os procuradores municipais Daniel Souza Aguiar e Caroline Tapxure Lôbo compareceram ao MPE, no último dia 13, com o intuito de discutirem estratégias para a quantificação do dano. Nessa oportunidade, salientou-se o interesse do Município de Palmas em ingressar com a execução de sentença, não apenas por ser o credor, mas também por ter acesso facilitado à documentação pertinente. As conversas se seguiram até 18 de fevereiro, quando a Procuradoria Geral do Município protocolizou sua petição, a qual foi imediatamente reforçada por manifestação do MPE, na condição de fiscal da ordem jurídica.

O processo tramita sob o número 5001566-62.2002.827.2729, na 1ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Palmas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Senado

Avança relatório de Kátia Abreu que facilita regularização de dívidas de crédito rural

Famílias com financiamento no Banco da Terra e na Cédula da Terra poderão ter contratos individualizados

Política

Atos em apoio ao governo ocorrem em diversas cidades do país

Na rede social Twitter, o presidente postou cenas de atos que ocorrem em outras cidades do país.



Campo

Agricultura e Fundação divulgam projetos de pesquisa selecionados para cadeia produtiva do mel no Tocantins

Foram aprovados cinco projetos de pesquisa para concessão de materiais e equipamentos de insumos para projetos de pesquisa com apicultura e meliponiculutura no Tocantins.


AL

Deputado propõe que o governo do Estado monte Casa de Apoio em Barretos

A proposta foi apresentada na sessão matutina desta quarta-feira, 22


IPVA

Inadimplência do IPVA chega a 36% da frota no Tocantins

Inadimplência gera déficit de mais de R$ 48,9 milhões aos cofres públicos do Estado e dos municípios


Pavimentação

Wanderlei Barbosa pede a ministro que priorize pavimentação da BR-010, eixo de integração da Amazônia


Paulo Ziulkoski, é homenageado pela ATM durante evento técni

Paulo Ziulkoski é homenageado pela ATM durante evento técnico em Palmas


Prof. Júnior Geo apresenta Projetos que visam garantir o bem-estar e a dignidade dos idosos


Sisu

Estudantes podem consultar vagas do Sisu


CPI do PreviPalmas

Max Fleury é ouvido na CPI do PreviPalmas


Fenelon Barbosa

Primeiro prefeito acredita que Palmas será uma das maiores e melhores cidades do Brasil



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira