Tuesday, 25 de September de 2018

Tuesday, 25 de September de 2018

GERAL


ALEITAMENTO MATERNO

Estudantes da UFT promovem campanha de doação de frascos de vidro para a campanha Agosto Dourado

23 Aug 2018    11:40
Divulgação Estudantes da UFT promovem campanha de doação de frascos de vidro para a campanha Agosto Dourado

O Ministério da Saúde preconiza que a amamentação seja feita até os dois anos de idade ou mais, e que nos primeiros seis meses de vida a criança não necessita de nenhum outro alimento, sendo necessário somente o leite da mãe. Durante o mês de agosto promove-se a campanha Agosto Dourado, com o objetivo de reforçar a importância do aleitamento materno. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o leite materno é  o alimento "padrão ouro" para a saúde dos bebês. No Restaurante Universitário (RU) do Câmpus de Palmas, é possível fazer a doação de frascos para coleta de leite, e qualquer um pode participar.

Como os bancos de leite não têm como fazer reserva de leite materno, os frascos permitem uma maior durabilidade do conteúdo, segundo o que comenta a professora do curso de Nutrição, Renata Junqueira. Ela frisa que a campanha que ocorre no  Restaurante Universitário (RU) é muito importante assim como as outras campanhas, que buscam ajudar o banco de leite humano. Na amamentação, segundo o Ministério da Saúde, tanto a mãe quanto o bebê são beneficiados. O aleitamento permite que a criança adquira imunidade, e também que o útero da mãe volte ao tamanho normal, reduz riscos de diabetes, risco de desenvolvimento de câncer de mama e de ovário segundo o Ministério da Saúde. 

A campanha é promovida por acadêmicas do curso de nutrição da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus de Palmas, Juciara Lima e Allana Karoline, juntamente com a professora Tatiana Evangelista, que as supervisiona no estágio realizado no Restaurante Universitário (RU).  

A campanha

Renata fala que a campanha se torna importante quando as pessoas começam a adquirir consciência sobre o que é o aleitamento materno e de que não há alimento que substitua o leite materno. A criança desde seu nascimento, até os seis meses de idade, deve consumir somente leite materno sem adição de nenhum outro tipo de matéria. "O leite materno supre todas as necessidades nutricionais da criança, além de reforçar a imunidade", salienta.  Ainda segundo ela, depois dos seis meses a criança pode continuar  a amamentação sem que o leite seja o alimento exclusivo, sendo que esta pode  mamar até os dois anos.

As pessoas podem colaborar com a campanha levando potes de vidro com tampas de plástico até o Restaurante Universitário e depositar na caixa que está disponível no ambiente. Os itens doados serão levados para o banco de dados de leite humano do Hospital Dona Regina, onde passarão por processo de esterilização e, posteriormente, serão utilizados pelas mães na coleta de leite materno. 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

8

PARABÉNS!
PARABÉNS!

5

BOM
BOM

8

AMEI!
AMEI!

11

KKKK
KKKK

7

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

6

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

5

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

uft campanha educativa

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Câncer de Pele

TOCANTINS registrou 1703 casos de câncer de pele

Já o câncer de pele do tipo não-melanoma é o de maior incidência na população, porém de mais baixa mortalidade. Comum em pessoas com mais de 40 anos, é raro em crianças e negros, com exceção daqueles já portadores de doenças cutâneas anteriores.

Hortas

Reeducandos começam a consumir verduras produzidas nas hortas da CPP Palmas e UTPBG

A horta da CPPP ainda está produzindo salsa, pimentão, rúcula, tomate, pimenta, melão, melancia, caju, acerola, milho e feijão.




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira