Monday, 21 de October de 2019

GERAL


Tradição

Governo é parceiro da Festa de colheita do capim dourado no Jalapão

14 Sep 2019    22:19
Governo é parceiro da Festa de colheita do capim dourado no Jalapão

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) é parceiro da Festa da colheita do Capim dourado. Na 11ª edição, o evento iniciou nessa quarta-feira, 11, e segue até domingo, 15, na comunidade quilombola Mumbuca, município de Mateiros.

A Seagro é parceira da ação, que aborda dentre os temas, plantas medicinais e fitoterápicos, projeto desenvolvido com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Fundação Oswaldo Cruz (Fio Cruz).

Técnicas da Seagro vão participar da Roda de conversa nesta quinta-feira, 12, às 14h, sobre plantas medicinais com a comunidade e representantes da Fio Cruz e do Mapa. “Falaremos a respeito do projeto das plantas medicinais e Sociobiodiversidade e sua importância para as comunidades quilombolas do estado”, explicou a gerente de Sociobiodiversidade da Secretaria Dilciane Nascimento Viana

Projeto

O projeto de Plantas medicinais e Fitoterápicos iniciou no Tocantins em 2016, com a realização de oficinas numa ação transversal com a participação da Seagro, da Fundação Oswaldo Cruz e dos ministérios da Saúde e o então Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), hoje Mapa.

A técnica da Seagro Marta Babosa Santos, que se tornou articuladora do programa, afirma que na primeira etapa, o objetivo era mapear, com a participação das comunidades envolvidas, a situação de algumas cadeias de valor de plantas medicinais e fitoterápicos no Tocantins. “Nesse trabalho foram mapeadas a babosa, o hortelã, a sucupira e a macaúba”, destacou.

A professora Doutora da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará e coordenadora do programa Cadeia de Valor em Plantas Medicinais da Fundação Oswaldo Cruz, Joseane Costa, que participa do projeto desde 2016,  explica que a roda de conversa servirá para conhecer  se a comunidade faz uso e de forma desses produtos mapeados. “Vamos abordar como devem trabalhar essas espécies, se existe uso, o que pode e o que não pode com as plantas medicinais”, frisou.

Participam também da Roda de conversa,  as representantes da  Secretaria de Agricultura Familiar (SAF) do Mapa, Daniella Vasconcelos e Tarcila Portugal.

O projeto viabiliza recursos e cursos de capacitação para as comunidades que trabalham na atividade agroextrativistas melhorarem e ampliarem seus empreendimentos produtivos, gerando renda e melhorando a qualidade de vida nas comunidades.

Capim dourado

Com estilo peculiar e único, o artesanato da região do Jalapão é o que mais se sobressai e um dos mais procurados por turistas que vêm ao Tocantins e atualmente apresenta alto valor de mercado com aceitação fora do Brasil. Extraído da natureza, sua matéria-prima é baseada principalmente no talo e na flor Singonanthus-sp,  conhecida popularmente como capim dourado, por  apresentar tonalidade  cor de ouro.

O artesanato de capim dourado é marcado pela beleza das peças, geralmente decorativas e utilitárias, como chapéus, bolsas, cestas, suplá, entre outros. Após longo trabalho para agregar valor aos produtos, atualmente as peças apresentam desing moderno adquirido com novas técnicas aplicadas em cursos e oficinas de capacitação com artesãos há mais de uma década.

Uma das 54 comunidades quilombolas  do Tocantins,  Mumbuca, no município de Mateiros tem o capim dourado como principal fonte de renda. As 60 famílias que vivem no povoado melhoram sua renda graças a beleza do capim dourado. o capim dourado deve ser colhido sempre em setembro, quando talos e flores estão prontos para a colheita.

Programação

Quinta-feira, 12;

Das 8h h às 12h  – Bioeconomia e Agricultura Familiar- Palestrante: Marcos Pavarino- Coordenador Geral de Extrativismo da Secretaria da Agricultura Familia- Mapa.

Das 14h às 17H - Plantas medicinais e fitoterápicos -  roda de conversa. Joseanes Costa, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará/Oswaldo Cruz; Daniela Vasconcellos - técnica da SFA/Mapa; Marta Barbosa Santos - Articuladora Regional do Projeto de Plantas Medicinais e Fitoterápicos/Seagro.

Das 19h às 21h - Debates sobre pesquisas acadêmicas realizadas em Mumbuca- Grupo Quilombo Mumbuca de Pesquisa-GQMP.

 Às 22h -  fogueiras e feira  sabores jalapoeiros.

Sexta-feira, 13

Das 10h às 11h: Abertura do Encontro dos Violeiros para Salvaguarda da Viola de Buriti.

Das 11h às12h: Conversas e compartilhamento de ações e experiências entre os violeiros.

 Mesa dourada

Das 14h às  17h30

Tema 1: das  14h às 15h30 – Roda de conversa sobre salvaguarda da Viola de Buriti.

Tema 2:  Às 15h30 às 17h 30 - Turismo no Jalapão, quilombos e o TBC.

Envolvidos: Comunidades do Jalapão- Associações dos artesãos do Jalapão, Instituições (Prefeituras, MPF, IPHAN, SEDEM, Secom, Naturatins, Adetuc– APA- Jalapão iCmbio).

Das 19h às 22h – Direção da Igreja Assembleia de Deus  de Mumbuca

Culto de Louvores em agradecimentos ao criador do capim dourado.

Mensagem da colheita-Cantora  Mirian Alves - Mumbuca

 Fogueira de Histórias, versos, poesia e a feira sabores jalapoeiros

  Sábado, 14

7h - Cavalgada dourada

8h - Corrida  a  cavalo (com premiação)

11h - O som da Viola e dos Violeiros de buriti. ( IPHAN)

Das 15h às 18h - Campeonato dourado de futebol - feminino e masculino

19h- Pronunciamento das representações

-Premiações

- Desfile das gerações do capim dourado

-Dupla tradição do Jalapão-Viola de buriti

- Teatro “Encenando a tradição”

23h - Histórias, versos, poesia e brincadeiras e a Feira sabores jalapoeiros

Domingo, 15

 Das 7h às 10 h - Saída ao campo-colheita demonstrativa do capim dourado

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Governador destaca mineração como fator de desenvolvimento econômico e geração de empregos

Declaração do Chefe do Executivo ocorreu durante leilão da jazida de minério de Palmeirópolis, nesta segunda-feira, 21, no Rio de Janeiro. Expectativa é que dois mil empregos sejam gerados com a instalação no empreendimento

Economia

Comércio puxa recuperação na oferta de vagas de emprego no estado

Ainda sobre o Caged, setembro mostra que Araguaína foi a cidade com maior variação negativa (-139 vagas) e Porto Nacional com variação positiva (167 vagas). A capital Palmas registrou uma variação de – 42 vagas.



Cooperação Técnica

Governo assina termo de Cooperação Técnica com instituições públicas e privadas para execução de ações de pesquisa e extensão agropecuária

Termo estabelece condições para o bom andamento dos trabalhos propostos na área do Centro Agrotecnológico de Palmas


Outubro Rosa

Resolve Palmas promove palestra sobre prevenção ao câncer de mama

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no Brasil e depois do câncer de pele não melanoma, correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%


Legislativo Municipal

Câmara de Palmas funcionará em novo endereço a partir de 2020

A estrutura da 104 Norte tem área total edificada de 5.065,55 metros quadrados, contra os 4.300 m² do prédio atual, localizado na Teotônio Segurado.


Saúde Animal

Seu Pet pode ser um doador de sangue


GOTE

Suspeito de cometer crime de coação é preso pela Polícia Civil no Norte do Estado


Educação superior

Universidade Estadual prorroga inscrições para Vestibular 2020/1 até 7 de novembro


Porto Cereais

Governo do Estado avalia concessão de benefícios fiscais para empresa que exporta feijão para China e Índia


AL

Presidente da ATS deve ser convidado a prestar esclarecimentos


TJTO

“Tudo funciona melhor quando nos colocamos na posição de ouvinte”, destaca o presidente do TJ ao abrir seminário



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira