Tuesday, 22 de October de 2019

GERAL


Infraestrutura

Governo prioriza pontes para impulsionar desenvolvimento do Estado

17 Mar 2009

O governador Marcelo Mirando anunciou este mês vários medidas destinadas a incentivar o investimento privado, aumentar o investimento público em infra-estrutura e minimizar obstáculos que dificultam o crescimento do Tocantins. Entre as iniciativas está a ponte sobre Rio Tocantins, na rodovia 010, que ligará Tocantínia a Miracema. Estratégica, a construção dessa ponte marcará a ligação definitiva da Capital com a principal via de escoamento do Estado, que é BR-153, e com o norte tocantinense e nordeste brasileiro.

Em discurso de lançamento das ações do PAC-TO, o governador garantiu que para a ponte que liga Tocantínia-Miracema, 50% dos recursos já estão alocados. Serão investidos cerca de 105 milhões, só neste empreendimento, valor que está sendo licitado conforme Diário Oficial nº 2850. A ponte terá 1.727,36 metros e será executada no prazo de 780 dias. Depois de concluída, além reduzir o custo e tempo do transporte, também agilizará o fluxo e o escoamento da produção de toda a região norte do estado, via BR 153, rumo a Palmas, fazendo da capital uma cidade ainda mais estratégica para o Estado.

Para o produtor de abacaxi José Américo Vasconcelos, morador da cidade de Miracema há 18 anos, a ponte significa desenvolvimento para toda a região. “Vai baratear o frete. A balsa é um entrave para o produtor levar a produção para Palmas. Sem falar que quando temos um compromisso em Palmas, devemos sair de Miracema com no mínimo uma hora de antecedência, pois a balsa é imprevisível”, comentou.

O governador Marcelo Miranda tem afirmado que os investimentos em logística para a melhoria das estradas e a construção de pontes têm sido uma das prioridades de seu governo. “Acelerar o crescimento econômico, aumentar a geração de empregos e melhorar as condições de vida da população tocantinense são os objetivos que o governo pretende alcançar”, diz o governador.

 

Investimentos em pontes

Ao todo, serão R$ 416 milhões empenhados junto ao governo federal e organismos internacionais para a construção de três importantes pontes. Além da ponte entre Tocantínia e Miracema, estão encaminhados os projetos das pontes que ligam Xambioá (TO) a São Geraldo (PA), no Rio Araguaia, e a ponte de Barra do Ouro, no Rio do Tocantins, que terá 1.130 metros de extensão e será construída com recursos do contrato com o banco italiano UMC - Unicredit Mediocredito Cent.

A ponte Xambioá/São Geraldo, que ligará o Tocantins ao Pará, além de beneficiar a população dos dois estados, facilitará o escamento de vários produtos e boa parte da produção de cimento da Votorantim, empresa que possui uma unidade em Xambioá e já em abril inicia a produção e exportação do produto tocantinense. A fábrica deve produzir 850 mil toneladas de cimento por ano.

COMPARTILHE:


Confira também:


Refis Palmas

Prefeitura estende mutirão de renegociação fiscal até 30 de novembro

Atendimentos serão realizados nas Unidades do Resolve Palmas

Economia

Governador destaca mineração como fator de desenvolvimento econômico e geração de empregos

Declaração do Chefe do Executivo ocorreu durante leilão da jazida de minério de Palmeirópolis, nesta segunda-feira, 21, no Rio de Janeiro. Expectativa é que dois mil empregos sejam gerados com a instalação no empreendimento




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira