Wednesday, 23 de September de 2020

GERAL


Férias

Hora de redobrar a atenção

29 Jun 2010

É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem. Falar de diabetes já é um assunto realmente sério, quanto se trata da doença nas crianças então, se torna mais delicado ainda. Porém, não é um motivo para se desesperar.

O fato é  que uma grande vilã para o agravamento da doença, são as férias. Isso se acontece, pois os pais acabam cedendo às vontades dos filhos deixando que eles comam tudo aquilo que desejam como doces, frituras, enfim os carboidratos, que são encontrados no sangue em forma de glicose. E seu excesso pode causar a doença.

Dra Carolina Ynterian, bioquímica e diretora do laboratório Analitic, explica: “Diabetes é uma alteração na produção do hormônio insulina pelo pâncreas ou uma resistência à ação da insulina pelo organismo”. Quando a pessoa sofre de diabetes, o pâncreas produz pouca insulina fazendo com que o açúcar fique acumulado no sangue.

Existem dois tipos de diabetes, a do tipo 1 e a do tipo 2. O diabetes tipo 1 é  o mais comum em crianças, pois pode surgir desde as primeiras semanas de nascimento até os 30 anos, mas é entre os 5 e 7 anos, durante a puberdade que mora o perigo e a atenção precisa ser redobrada. A diabetes está relacionada a falta ou pouca produção de insulina, o que faz com que não se consiga controlar a taxa de glicose ingerida.

Já a diabetes tipo 2 é hereditária e acontece quando as células resistem à ação da insulina, mesmo que sua produção seja normal. Antigamente era uma doença de adulto, mas com a elevação da taxa de obesidade infantil associada a uma vida sedentária e com maus hábitos alimentares, esse tipo de diabetes aumentou consideravelmente entre as crianças.

Algumas dicas valiosas para prevenir a diabetes são o aleitamento materno, evitar a alimentação artificial rica em açúcares desnecessário nesta fase. Então se deve manter uma alimentação saudável para evitar a obesidade infantil. Outra ideia boa para ser aderida pelos pais é levar as crianças para brincarem e praticarem esportes e assim, evitar que fiquem sedentários.

Uma coisa é  certa, quanto mais cedo a diabetes for detectada, menores são as chances de complicações futuras. Portanto, notando os sintomas da diabetes infantil (sede, aumento de fome e emagrecimento, aumento do número de vezes em que urina, mal estar, sonolência, fraqueza, tonturas, câimbras e formigamentos) o ideal é partir para os testes. Mas, o exame destro pode assustar os pequenos, pois é preciso furar o dedo anelar e colher uma gotinha de sangue para verificar a quantidade de glicose no organismo.

Foi pensando nisso que o laboratório Analitic Tecnologia de Precisão desenvolveu as tiras de glicose. De uma maneira rápida e indolor o autoteste permite controlar o nível de açúcar no sangue.

Sem o incômodo de agulhas e jejum prolongado, o teste caseiro detecta na hora a quantidade de glicose. “Evidente que para estabelecer um diagnóstico final, o médico deve ser consultado. As Tiras de Glicose são uma maneira de monitorar o nível de açúcar no sangue, ou, pelo menos, confirmar ou descartar uma suspeita”, afirma Carolina Ynterian, bioquímica e diretora da Analitic.

A fim de complementar: A longo prazo, a doença causa perda de visão, derrame, infarto, hipertensão, impotência sexual, doenças pulmonares e insuficiência renal.

O teste Tiras de Glicose pode ser adquirido em farmácias e drogarias ou através do site:www.confirme.com.br. O teste custa cerca de R$10,00 e a embalagem vem com 20 tiras reagentes que permitem verificar se há glicose na urina.  

Drª. Carolina Ynterian é Diretora dos autotestes da Linha Confirme, Bacharel e Mestre em Bioquímica com especialização em Biologia Molecular.

COMPARTILHE:


Confira também:


Orçamento

LDO é encaminhada à Comissão de Finanças

Na proposta, o governo salienta que a LDO foi eloborada durante a pandemia do novo coronavírus (COVID -19), período de decretação do Estado de Calamidade Pública em todo o território do Tocantins.

Saúde

Tocantins registra 786 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 195.370 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 64.273 casos confirmados. Destes, 46.843 pacientes estão recuperados, 16.553 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 877 pacientes foram a óbito.



Ações

Vice-governador apresenta ações de combate à pandemia e incêndios florestais no 21° Fórum de Governadores da Amazônia Legal

21ª edição do Fórum de Governadores começou nesta terça, 22, em formato virtual


Saúde

Câmara de Palmas convoca Audiência Pública para prestação de contas da saúde

Para a ocasião, a mesa diretora da Câmara convocou todos os vereadores, os integrantes do Conselho Municipal de Saúde e o Secretário Municipal de Saúde responsável pela Gestão do SUS.


Convênio

Vice-governador Wanderlei Barbosa e ministro Onyx Lorenzoni assinam convênio de R$ 2,5 milhões para Programa de Aquisição de Alimentos

O recurso vai beneficiar cerca de 6 mil pequenos agricultores vinculados na proposta vigente a comercializarem seus produtos ao Programa, fortalecendo assim a agricultura familiar e contribuindo para a retomada econômica do pequeno produtor.


Conscientização

Governo do Tocantins lança campanha para consumo consciente de água


Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio


Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira