Thursday, 26 de November de 2020

GERAL


Literatura e moralismo nos anéis de Saturno

24 Aug 2010

Paulo Aires Marinho, é poeta e escritor.
E-mail: pauloaires@uft.edu.br


Nada de novo debaixo do sol, expressão bíblica que se configura com meu tímido espanto frente ao comportamento de falso moralismo, travestido de elevado preceito ético, protagonizado por um pai contra a literatura brasileira de inconteste qualidade de estilo, fato ambientado numa escola do município paulista de Jundiaí.

O episódio envolve o belíssimo conto "Obscenidades para uma dona de casa", do escritor Ignácio Loyola Brandão, inserido na coletânia “Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século”. Um pai de duas alunas gêmeas de 17 anos solicitou ao Ministério Público que determine o recolhimento do livro da rede pública estadual de ensino, alegando que o conto aludido é inapropriado para os alunos –  velada hipocrisia, doutrina para querubins nos anéis de Saturno! Esse pai seria um brilhante personagem envenenador de páginas no romance “O nome da rosa”, de Umberto Eco.

Portugal foi o último país colonialista a abolir a escravidão e a inquisição. País que censurou a grandeza literária de José Saramago por conta de seu vigoroso romance “O Evangelho segundo Jesus Cristo”. Colonizados pelos portugueses, talvez aí resida a origem de nossa constrangedora herança punitiva ao sexo, ao avanço da ciência, da filosofia, da literatura; dessa patológica dualidade entre corpo e espírito.

Nada mais fascista, repressor, que condenar ou proibir livros. A história nos mostra que essa atitude nunca foi plenamente exitosa. Jorge Amado teve milhares de exemplares queimados pelo regime militar; “Feliz ano novo”, de Rubem Fonseca, sofreu censura  dos milicos; em 2005, “Na Toca dos Leões”, de Fernando Morais, foi vítima de decisão judicial; só para citar três exemplos. Entretanto, essas obras sempre foram lidas clandestinamente e voltaram fortalecidas às mãos do público leitor.

O Brasil ainda está longe de ser um país de leitores, lamentavelmente. Perde feio em número de livrarias para nossa vizinha Argentina. País do futebol é um título que mais remete ao comportamento de manada do que à inteligência dessa civilização cósmica, como dizia Darcy Ribeiro. Condenar a criação literária sob o falido código da pornogafia pela palavra é moralismo doentio, catecismo empoeirado de tempos sombrios. Na linha de frente do que se possa considerar de imoralidade deveriam sempre figurar a fome, o trabalho escravo, o latifúndio e o abandono das crianças e dos idosos.

Tudo o que está naquele conto escrito com maestria, está, em menor ou maior grau, na vida cotidiana de todo ser humano. A autêntica literatura trata das relações humanas, em qualquer parte do mundo, e as relações humanas são complexas, desafiadoras, fascinantes. Na escola, como na família e em toda a sociedade, o diálogo é um antídoto imprescindível contra toda forma de opressão que segrega e anula a beleza das relações humanas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Retorno

Governador Carlesse reassume Palácio Araguaia e agradece Antonio Andrade pelo trabalho realizado à frente do Executivo

Presidente da AL agradece por oportunidade e faz balanço dos dias como governador



Saúde

Hemocentro de Palmas promove homenagem aos doadores de sangue

Ação foi realizada nesta quarta-feira, 25, Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue


IML

Corpo de um homem jovem não identificado e não reclamado permanece no IML de Palmas

Trata-se de pessoa do sexo masculino, com idade entre 18 e 25 anos, aproximadamente.


Naturatins

Governo apresenta Cartas Climáticas que vão auxiliar gestão ambiental no Tocantins

Naturatins acompanhou a apresentação do levantamento que aponta tendências climáticas do Tocantins com base nos registros das últimas três décadas servirão como referências para gestão de ações ambientais em diferentes regiões do Estado em cada período do


Amazônia

Tocantinenses são destaque no 2º Festival de Cinema Negro Zélia Amador de Deus


Arraiá da Capital

Estrutura do Arraiá da Capital Online está sendo finalizada


Moradia

Recanto das Araras II: data para assinatura de contratos dos imóveis é adiada


Agenda

Governador em exercício, Antonio Andrade, vistoria obras da Ponte de Porto Nacional


Denuncia de Estupro

Jovem de 20 anos acusa senador Irajá Abreu de cometer estupro em São Paulo


Segurança

Polícia Civil do Tocantins deflagra segunda fase da operação Rosetta contra membros de organização criminosa



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira