Thursday, 25 de April de 2019

GERAL


Cuidados com Hanseníase

Mobilização contra hanseníase no Parque Cesamar alerta sobre os cuidados com a doença

11 Feb 2019    13:17
Divulgação Mobilização contra hanseníase no Parque Cesamar alerta sobre os cuidados com a doença

A área Técnica da Secretaria de Estado da Saúde juntamente com a Coordenação do Programa Municipal de Hanseníase de Palmas realizaram neste domingo 10, uma mobilização educativa no Parque Cesamar em combate à hanseníase.  A mobilização contou com a distribuição de material informativo e vários profissionais da saúde  disponíveis para ajudar a tirar as dúvidas das pessoas em relação à doença, além de um consultório móvel para diagnóstico.

O evento faz parte do encerramento das atividades do Janeiro Roxo, que é um mês de alerta e combate a doença, onde os serviços de saúde  realizam ações para alertar a população sobre os cuidados, formas de contágio e tratamento.

A Assessora Técnica da Hanseníase,  Regina Maria Figueiredo Garcia Teixeira, explica que a hanseníase hoje é uma doença tratável, completamente curável. “A gente só precisa que a população venha até a unidade de saúde para o diagnóstico. A medicação é disponibilizada gratuitamente para a população, que se fizer o tratamento correto, fica completamente curado.”

Ela explica também que o diagnóstico é totalmente clinico, feito através de um exame dermatológico. “O paciente é avaliado dermato neurologicamente, ou seja, se olha os nervos, se olha a pele, os membros do paciente e baseado em alguma queixa que ele possa ter. Você não precisa de um exame para diagnosticar hanseníase, é totalmente clinico.

A servidora pública Maria Luiza Gomes, estava passeando no parque Cesamar e aproveitou para fazer uma avaliação. “Achei de suma importância essa ação da saúde, porque facilita pra gente que trabalha o dia todo. Eu aproveitei pra fazer uma avaliação junto com meu marido, só não se cuida quem não quer.”

 Dados

O Tocantins é um estado hiperendêmico, em 2017 foram  registrados 1.144 casos já em  2018 foram 1.632 positivos, destes 116 eram crianças menores de 16 anos.

Sobre a doença

A hanseníase (Lepra) é uma doença crônica, transmissível, de notificação compulsória e investigação obrigatória em todo território nacional. Possui como agente etiológico o Micobacterium leprae, bacilo que tem a capacidade de infectar grande número de indivíduos, e atinge principalmente a pele e os nervos periféricos, com capacidade de ocasionar lesões neurais, conferindo à doença um alto poder incapacitante, principal responsável pelo estigma e discriminação às pessoas acometidas pela doença.

Os principais sinais e sintomas da doença são:

Manchas esbranquiçadas (hipocrômicas) ou eritematosas, lesões infiltradas e avermelhadas, diminuição ou perda de sensibilidade (a pessoa pode sentir formigamentos e/ou choques e/ou câimbras que evoluem para dormência - se queima ou machuca sem perceber);

Infiltrações e nódulos principalmente na face e pavilhões auricular, diminuição ou queda de pelos, localizada ou difusa, especialmente sobrancelhas e cílios; Falta ou ausência de sudorese no local da mancha, pele e olhos ressecados, obstrução nasal, dentre outros.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Governo sanciona lei que busca enquadramento fiscal e retomada de investimentos no Tocantins

Publicação da medida, que faz parte das ações anunciadas pelo Governo, em fevereiro deste ano, ocorre nesta quinta-feira, 25

Empregos

Tocantins perde 363 vagas de emprego em março

Os números citados se referem aos oito setores de atividade econômica: agropecuária, indústria de transformação, comércio, serviços, extrativa mineral, serviço industrial de utilidade pública, construção civil e administração pública.



Água Potável

A pedido da DPE-TO e MPE, Justiça determina fornecimento de água potável para comunidade de Dianópolis

Crise de abastecimento de água no município é recorrente desde o ano de 2017


Segurança nas Escolas

Segurança pública em escolas públicas da capital é discutida em sessão

O trágico caso ocorrido em 13 de março de 2019, na Escola Estadual Professor Raul Brasil cidade de Suzano – SP, foi lembrado pelos parlamentares como um grande exemplo de insegurança que resulta em mortes de crianças e adolescentes inocentes.


Serviço

Obras de melhorias da Energisa seguem em 32 municípios do Estado

Desligamentos são pontuais e não atingem a cidade toda


Tocantins

Pesca amadora e esportiva necessita licença no Tocantins


Naturatins visita aldeia Ktẽpo para diálogo sobre proteção ambiental com lideranças indígenas Xerente


Pesquisa

Lançada primeira Revista Científica do Ceulp/Ulbra


Saúde

Depressão, não deixe o tempo passar


Promoção

Carlesse promove policiais militares e bombeiros e afirma que as duas corporações são as melhores do país


Turismo

Potencial turístico das Serras Gerais é tema de evento em Palmas



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira