Thursday, 09 de April de 2020

GERAL


Segundo BC

Movimento com cartões de crédito e de débito cresceu 19,4% em 2011

19 Oct 2012

O número de cartões de crédito ativos diminuiu 1% no ano passado, em relação a 2010, depois de dez anos de crescimento contínuo, enquanto a base de cartões de débito cresceu 13%. Mas o número de transações avolumou-se em ambos. As operações na função crédito aumentaram 16,1%, e com débito imediato expandiram 22,7%. Somados os dois tipos de operações houve um crescimento médio de 19,4%.

Os dados constam de “adendo estatístico” ao Relatório sobre a Indústria de Cartões de Pagamento, elaborado pelo Banco Central (BC) e pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (SAE) do Ministério da Fazenda. Os técnicos do BC e da SAE também observaram que, enquanto o número de cartões básicos diminuiu 5%, os cartões intermediários, premium e corporativos aumentaram 9%, 29% e 34%, respectivamente.

A concentração nos mercados de emissão e de credenciamento de cartões manteve-se praticamente inalterada no ano passado, com manutenção das taxas cobradas das lojas e da tarifa de intercâmbio repassada aos emissores. Em compensação, a receita dos emissores cresceu 18%, impulsionada pelo aumento médio de 15% nas tarifas de anuidade e pelo crescimento de cartões especiais. (ABr)

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Grau de fiscalização dos decretos Municipais é determinante para evitar possíveis contágios no Tocantins, diz ATM

Prefeituras devem promover forças-tarefa de fiscalização para orientar população sobre isolamento social e monitorar atendimentos no comércio


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira