Palmas, 23/01/2018

Geral

Sisepe

Movimento pela Moralização e Democratização do Sisepe-TO denuncia permuta de imóvel da entidade

  • O MMDS acredita que a reunião se trata de uma manobra para tomar decisões de interesse próprio, já que pelo dia e horário é provável que um pequeno número de sindicalizados irá comparecer a essa assembleia


O Movimento pela Moralização e Democratização do Sisepe (MMDS) informa ser contrário a Assembleia Geral Ordinária do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (Sisepe-TO) que está prevista para acontecer às 9hs da manhã deste sábado, 16, e busca apreciar e deliberar sobre o plano de atividades e previsão orçamentária do sindicato para o exercício 2018; permuta do imóvel do Sisepe/TO, localizado na quadra 108 sul alameda 12 nº 09, Plano Diretor Sul, Palmas/TO; e apreciação de assuntos gerais.

O MMDS acredita que a reunião se trata de uma manobra para tomar decisões de interesse próprio, já que pelo dia e horário é provável que um pequeno número de sindicalizados irá comparecer a essa assembleia. No edital de convocação disponível no Diário Oficial do Estado do dia 06 desde mês diz que os assuntos serão deliberados "às 09:00h, em primeira convocação e às 09h30min, em segunda e última convocação, com qualquer número de sindicalizados presentes".

Segundo o MMDS essa permuta do imóvel do Sisepe-TO apresenta indícios de irregularidades, já que não se sabe o objetivo desta permuta.  O movimento acredita que antes desta decisão deveria ser formada uma comissão pela própria entidade com a participação de servidores de vários órgãos, onde estes emitiriam um parecer demonstrando a viabilidade desta proposta, enviada a todos os servidores para análise e esclarecimentos e somente após isso ser levada a uma assembleia para uma tomada de decisões tamanha a sua importância.

Ressalta-se ainda que ao fazer a assembleia no dia de sábado para esta tomada de decisões é no mínimo contraditório já que greves, por exemplo, são feitas em dia de semana devido a grande adesão dos participantes e o mesmo deve ocorrer com uma assembleia como esta. Vale frisar ainda o período do ano em que foi escolhida essa reunião, uma vez que teve todo o exercício de 2017 para fazer e não foi feito.

Transparência, ética e respeito aos servidores públicos são bandeiras deste movimento que luta pela moralização e democratização do Sisepe-TO. 


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus