Tuesday, 31 de March de 2020

GERAL


Saneamento

Novas tecnologias aplicadas ao saneamento são apresentadas pela BRK Ambiental a técnicos de órgãos ambientais

05 Sep 2019
Divulgação Novas tecnologias aplicadas ao saneamento são apresentadas pela BRK Ambiental a técnicos de órgãos ambientais

A atualização das tecnologias disponíveis para a melhor prestação dos serviços de tratamento e distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto é uma diretriz da BRK Ambiental, concessionária que atua em 47 cidades tocantinenses, e foi o ponto de partida para a realização de um encontro técnico que reuniu representantes da BRK Ambiental, Instituto Trata Brasil, Naturatins e Fundação Municipal de Meio Ambiente. Entre as novidades apresentadas estava a nova tecnologia em tratamento de esgoto a ser utilizada em duas estações – já em fase final de planejamento – a ETE Sul, em Palmas (TO), e a ETE Lontra, em Araguaína (TO).

Trata-se do sistema NEREDA, processo de tratamento desenvolvido na Holanda, que conta com vantagens tanto na eficiência do tratamento do esgoto, garantindo o retorno da água para os mananciais em qualidade superior, quanto na economia de energia elétrica, menor emissão de odores e também na menor necessidade de espaço para construção das estações. A ETE Lontra, em Araguaína, será fruto de um investimento da ordem de R$ 70 milhões e já conta com contrato para início das obras, aguardando apenas a liberação do licenciamento pelo órgão ambiental. 

 

Os engenheiros da BRK AmbientalGilson Merli, Dalton Cardoso e Sebastião Noleto, foram os responsáveis por apresentar como as novas tecnologias estão sendo aplicadas no dia a dia da empresa. Merli falou sobre o NEREDA e detalhou a importância de levar as informações aos profissionais envolvidos com as questões do saneamento. “Temos sempre alguns pontos importantes a ressaltar: atender às exigências de qualidade, tornar os projetos viáveis economicamente e ajudar a disponibilizar as informações para que os técnicos que avaliam estes projetos possam ter segurança para análise e aprovação dos mesmos”, explica.

Avanços

 

Durante o evento, importantes dados sobre saneamento foram apresentados. O destaque é para o acesso a esses serviços de saneamento básico. No Brasil, quase 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada. E mais de 100 milhões não tem acesso aos serviços de coleta de esgoto. O Tocantins avança para mudar esta realidade, como é o caso de Palmas (TO) que já tem o serviço universalizado com cerca de 90% com coleta e tratamento de 100% do esgoto coletado. 

 

"A BRK Ambiental tem o objetivo de atuar com atualidade tecnológica, trazendo para Palmas novidades no setor de saneamento. Até 2025 serão investidos quase 1,4 bilhões de reais pela BRK Ambiental no Estado do Tocantins”, explica Thadeu Pinto, diretor presidente da BRK Ambiental no Tocantins, ao falar sobre o compromisso da empresa com o avanço nos indicadores.

 

O presidente do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos, contou que essa foi uma oportunidade importante de debater o tema saneamento. "Certamente resolver o problema do saneamento hoje passa pela necessidade de se investir para tentar superar uma deficiência que não é de hoje, se arrasta há muito tempo no Brasil", explica Édison.

 

Os representantes do Naturatins e da Fundação Municipal de Meio Ambiente, puderam conhecer os processos usados no tratamento de água e esgoto pela concessionária. Eles também sanaram dúvidas com equipes da BRK Ambiental.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Saiba como proteger as crianças durante pandemia de covid-19

Especialista dá dicas a pais e mães de como tentar diminuir o estresse

Pandemia

Tocantins tem 11 casos confirmados de Covid-19

De acordo com boletim divulgado pela Secretaria da Saúde agora são 11 casos confirmados, sendo nove em Palmas e dois em Araguaína.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira