Friday, 05 de June de 2020

GERAL


Gripe Suína

Pacientes com sintomas da doença permanecem internados

06 May 2009

O piloto de avião e sua esposa, internados desde domingo, 03, no Hospital Geral de Palmas – HGP, com suspeita de estarem contaminados com o vírus H1N1, causador da influenza A, ou gripe suína, permanecem em observação em área restrita do hospital, enquanto aguardam os resultados dos exames, que devem ficar prontos até quarta-feira, 13.

O piloto teria sido contaminado ao ter entrado em contato com dois empresários de Araguaína que estiveram no Texas (EUA) onde foram confirmados casos de contaminação pela doença.

Os dois empresários estão sendo monitorados pela Secretaria de Estado da Saúde e, segundo informações da superintendente de saúde epidemiológica do Estado, Ruth Paranaguá, apresentaram sintomas brandos da doença, por isto não precisaram ser internados.

Em entrevista coletiva, o secretario estadual de saúde, Eugênio Paccelli, afirmou que no Brasil apenas três laboratórios públicos estão produzindo o kit diagnóstico para a confirmação dos casos. Segundo o secretario, a expectativa do Ministério da Saúde (MS), é que nos próximos dez dias os laboratórios estejam recebendo o kit que confirma ou não os casos suspeitos.

Ate o momento, em todo o Brasil, são 25 casos suspeitos da doença, sendo 2 deles no Tocantins. Além disso, cerca de 36 casos estão sendo monitorados em 19 estados e 60 suspeitas já foram descartadas.

 

 

Entendendo melhor a gripe suína


Contágio

A influenza A ou gripe suína é uma doença causada por um vírus que pode atacar humanos. A contaminação se dá da mesma forma que a gripe comum, por via aérea, contato direto com o infectado, ou indireto (através das mãos) com objetos contaminados. Não há contaminação pelo consumo de carne ou produtos suínos. Cozinhar a carne de porco a 70 graus Celsius destrói quaisquer microorganismos patogênicos.


Sintomas

Assim como a gripe humana comum, a influenza A (H1N1) apresenta como sintomas febre alta repentina, tosse, fadiga, dor de cabeça e pelo corpo. O novo surto, aparentemente, também causa diarréia e vômitos.


Prevenção

Além de evitar contato com pessoas que apresentem os sintomas da doença, ter hábitos de higiene regulares, como lavar as mãos, é uma das formas de prevenir a transmissão da doença.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano

Partidos terão liberdade de estabelecer regras e procedimentos

Não se cale!

Campanha da DPE-TO alerta para importância das denúncias de violência

Instituição lança Campanha “Você não está só!”. Um chamado para denunciar os casos de violência em mulheres, crianças e adolescentes neste período de pandemia




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira