Sunday, 21 de October de 2018

GERAL


Água das Chuvas

Para evitar alagamentos, Araguaína terá bacias de detenção da água das chuvas

19 Jan 2018

Gláucia Mendes


O projeto de implantação das bacias de detenção de águas das chuvas em Araguaína está em fase de elaboração. Com início das obras previsto para o segundo semestre deste ano, os reservatórios sanarão problemas antigos na cidade, como alagamentos, melhorando a qualidade de vida da população. Nesta etapa, serão executadas sete bacias, cinco no Córrego Neblina e duas no Córrego Jacuba.

As bacias são reservatórios para armazenamento temporário das águas das chuvas, liberando lentamente a água acumulada, garantindo que o sistema de macrodrenagem funcione com eficiência e de maneira controlada. Técnicos estão realizando estudos e cálculos para que as bacias sejam implantadas com qualidade e atendam o volume de água necessário.

A cidade já conta com uma bacia implantada, na nascente do Córrego Canindé, no Parque Cimba. O reservatório formou o Lago do Parque, com 81 metros de comprimento, mais de 2,6 mil metros quadrados de área e profundidade aproximada de 5,5 metros. Hoje o local conta com paisagismo sustentável e uma cachoeira.

Localização

Três das novas bacias serão construídas na nascente do Córrego Neblina. Uma delas terá uma área de 33,4 mil metros quadrados (m²) e volume de detenção de 71,9 mil metros cúbicos (m³) de água. A segunda terá área de 16,8 mil m² e volume de detenção de 36,1 mil m³. A terceira conta com área de 23,7 mil m² e volume de detenção 48,6 mil m³.
 
A quarta bacia será implantada no Setor Martim Jorge, com área de 16,8 mil m² e volume de detenção de 35,4 mil m³.  A quinta bacia é no Setor Cimba, com área de 7,5 mil m² e volume de detenção de 15,1 mil m³.
 
Mais um reservatório será construído na bacia do Jacuba com área de 21,2 mil m² e volume de 21,2 mil m³. A sétima será no Parque Raizal, a área será de 9,6 mil m², com capacidade de volume de 19,8 mil m³.

Projeto Águas de Araguaína

As bacias de detenção fazem parte do Projeto Águas de Araguaína, que realizará também macro e microdrenagem dos córregos Neblina e Jacuba, implantação de unidade de conservação ambiental e implantação do Parque Urbano Nascentes do Neblina e áreas verdes, além da pavimentação em 12 bairros. 
 
O crédito para a elaboração das ações será por meio do Banco de Desenvolvimento da América Latina Corporação Andina de Fomento (CAF). O projeto completo foi elaborado para a solução de problemas que foram ocasionados ao longo dos anos em Araguaína, em decorrência de diversos desastres ambientais.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

29

PARABÉNS!
PARABÉNS!

32

BOM
BOM

23

AMEI!
AMEI!

34

KKKK
KKKK

31

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

34

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

26

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Negócios

Governador Mauro Carlesse intensifica política de atração de investidores para o Tocantins

Mauro Carlesse já tem previsto em sua agenda, ainda sem data marcada, visitas ao Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná, na cidade de Maringá.

Desenvolvimento

Empresas tocantinenses são beneficiados com incentivos fiscais

Para conquistar o direito ao incentivo fiscal, o empreendedor deve apresentar projeto de viabilidade econômico-financeira ao Conselho de Desenvolvimento Econômico




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira