Friday, 28 de February de 2020

GERAL


Operação da Polícia Civil

Polícia Civil deflagra operação no Extremo-Norte do estado e prende suspeito de estupro e roubo à mão armada

21 Jun 2019
Divulgação Polícia Civil deflagra operação no Extremo-Norte do estado e prende suspeito de estupro e roubo à mão armada

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Aguiarnópolis, realizou nessa quinta-feira (20), uma operação de combate à criminalidade na cidade de Palmeiras, com o objetivo de desarticular uma associação criminosa voltada ao roubo de celulares, e que agia na região de Palmeiras, Aguiarnopolis, Tocantinópolis e Estreito/MA.

Conforme o delegado regional Tiago Daniel de Morais, a operação resultou na prisão em flagrante de um indivíduo, de iniciais M.V.C.B, de 19 anos, que teria praticado dois roubos na noite anterior. Além disso, ele é suspeito de estupro, tentativas de estupro, tentativa de furto e ameaça.

Durante um dos roubos, praticados na companhia de um adolescente, que foi apreendido pela Polícia Militar, o indivíduo teria agido com extrema violência contra a vítima que não queria que seu celular fosse subtraído, ameaçando-a com uso de arma de fogo e desferindo socos e golpes com capacete.

Após localizar e efetuar a prisão de M.V.C.B, os policiais civis conduziram à Delegacia outros três indivíduos, dois deles adolescentes, que confessaram a prática de diversos roubos nas cidades de Tocantinópolis, Aguiarnopolis e Estreito/MA. Em seguida, os policiais civis recuperaram oito aparelhos celulares que haviam sido vendidos pelo grupo criminoso e se encontravam na posse de terceiros, os quais responderão por receptação.  

Ainda no âmbito da operação, os policiais civis também apreenderam um revólver calibre 32, que estava na posse de um indivíduo que estaria utilizando a arma de fogo para ameaçar outro homem, em razão de uma briga entre eles.

M.V.C.B foi conduzido até a sede da Delegacia de Aguiarnópolis, onde foi autuado em flagrante por roubo majorado. Após levantamentos, os policiais civis descobriram que havia um mandado de prisão de regressão de regime em desfavor do indivíduo, por descumprimento de medidas judiciais, em decorrência de prisão por crime de estupro.

Desse modo, a autoridade policial também deu cumprimento à ordem judicial. Após as providências legais cabíveis, o homem foi recolhido à Cadeia Pública de Tocantinópolis, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. Os outros três indivíduos foram atuados pelo crime de roubo e responderão em liberdade, uma vez que não mais se em encontravam em situação de flagrante. (Ascom). 

COMPARTILHE:


Confira também:


Desfile

Viradouro é a campeã do carnaval no Rio de Janeiro

Em segundo lugar ficou a Acadêmicos do Grande Rio

Decisão

Justiça define que Incra não pode desistir de ação e desapropria Fazenda Vera Cruz, no TO

Decisão destaca que insuficiência de dotação orçamentária não pode se sobrepor à efetivação dos direitos fundamentais à moradia, ao trabalho, à alimentação e à função social da propriedade


Oportunidade

IEL Tocantins seleciona estagiários para o Ministério Público

Todas as informações estão publicadas no site www.iel-to.com.br


ATS

Obras de extensão de rede são entregues em Palmeirante

Mais de 200 famílias passaram a receber água tratada no Povoado Paciência


Internacional

Novo coronavírus: Itália registra 11 mortes e contágios aumentam


Araguaína

Alegria e interação marcaram o bloquinho das crianças do HMA


Sucesso

CarnaPraça levou mais de 20 mil foliões para a Praça dos Girassóis


Brasil

Skyy Vodka patrocina Carnaval cheio de diversidade


Dia 29/02

Dia Mundial das Doenças Raras é marcado por atividades em todo o país


Ponto de Vista

Cobrança indevida de bagagem por cias aéreas



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira