Saturday, 06 de June de 2020

GERAL


Polícia Civil

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de fabricação de armas de fogo em Tocantinópolis

02 Apr 2020
Divulgação Polícia Civil fecha fábrica clandestina de fabricação de armas de fogo em Tocantinópolis

Policiais Civis da 20ª Delegacia de Polícia de Tocantinópolis, coordenados pelo delegado Tiago Daniel de Moraes, realizaram no final da tarde desta quarta-feira, 1º, naquele município uma operação policial com o objetivo de fechar uma oficina clandestina de armas de fogo que estava funcionando no Setor Cidade Alta, em Tocantinópolis.

Conforme a autoridade policial,  após levantamentos realizados previamente, foi constatado que um indivíduo estaria utilizando a própria residências para fabricação e montagem de armamento de calibre variado. Com base nas informações, os policiais civis foram até o local, onde confirmaram a veracidade das informações. Na oportunidade, os agentes prenderam em flagrante delito um homem de 50 anos de idade, que era responsável pela oficina clandestina.

Durante buscas realizadas no local, os policiais localizaram e apreenderam dois revólveres, um rifle calibre 22, uma réplica de pistola 9mm, cerca de 200 munições intactas de vários calibres além de inúmeras peças destinadas à montagem, fabricação e conserto de armas de fogo.

Além de fabricar e consertar armas de fogo, o responsável pelo local testava as armas no fundo da sua casa, razão pela qual foram encontrados inúmeros cartuchos de munição no local, bem como placas de ferro onde ele disparava para ver se a arma estava funcionando.

Diante dos fatos, o homem foi conduzido à Delegacia onde foi autuado pelo crime de fabricação clandestina de armas de fogo, crime tipificado pelo Art. 17 do Estatuto do Desarmamento. Após a lavratura do auto de prisão em flagrante, o indivíduo foi conduzido para a Cadeia Pública de Tocantinópolis, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 301 casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 5.182 casos no total, destes, 1.933 pacientes estão recuperados, 3.160 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 89 pacientes foram a óbito.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira