Friday, 14 de August de 2020

GERAL


Estupro

Polícia Civil prende acusado por estupro de vulnerável em Araguaína

25 Apr 2019
Divulgação Polícia Civil prende acusado por estupro de vulnerável em Araguaína

Encontra-se recolhido na Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), um homem de inicias R.N.S, vulgo “Pombinha”. Ele é suspeito de praticar o crime de estupro de vulnerável e foi preso por policiais civis da 4ª Delegacia da cidade, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, quando se encontrava em sua residência, no Setor Fátima.

Conforme o delegado Romel Fernandes de Carvalho Filho, o indivíduo já possui condenação penal transitada em julgado, em regime inicial fechado, pelo crime de estupro de vulnerável.

Conforme apurado durante as investigações da 4ª DPC, entre os anos de 2009 e 2010, R.N, valendo-se da inocência da vítima, a qual era sobrinha de sua companheira e contava apenas com 05 (cinco) anos de idade à época dos fatos, convidou-a para sua casa sob o pretexto de dar um brinquedo para a criança e, aproveitando-se da ausência de outras pessoas na residência, praticou atos libidinosos diversos da conjunção carnal com a criança.

Dessa forma, o homem foi denunciado e processado pelo Juízo da Vara Especializada de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Araguaína, vindo então a ser condenado à pena de 09 (nove) anos e 04 (quatro) meses de reclusão, sentença esta confirmada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins.

Após ser capturado, o condenado foi encaminhado para à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, para as providências legais cabíveis. Em seguida, o homem foi submetido a exame de corpo de delito e recolhido à CCPA, à disposição da Justiça para dar início à execução de sua pena.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 914 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 35.403 casos no total, destes, 21.896 pacientes estão recuperados, 13.007 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 500 pacientes foram a óbito.

Notificação

BRK é notificada pela segunda vez na mesma semana por desabastecimento de água

Os consumidores ficaram 36 horas sem o fornecimento de água entre os dias 6 e 8 de agosto. A oscilação na pressão da água, também foi relatada pelos usuários.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira