Tuesday, 23 de July de 2019

GERAL


Arquitetura

Prática irregular de recebimento de comissões por arquitetos é tema de debate promovido pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Tocantins

04 Sep 2018    22:41

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/TO) levou na noite desta segunda-feira, 3, para o auditório do Sebrae, a oficina Ética na Arquitetura. Com a participação de arquitetos, acadêmicos e conselheiros do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), o evento teve como objetivo fomentar o debate acerca das condutas éticas e da prática conhecida como Reserva Técnica (RT).

A RT se caracteriza pelo recebimento de comissão por parte do arquiteto, seja na forma de dinheiro ou benefícios, como viagens, para que ele indique determinada loja ou produto. Foi explorando esse aspecto que o presidente do CAU/PR, Ronaldo Duschenes, iniciou a noite com a palestra Ética na Arquitetura. De acordo com Duschenes, as questões morais que regem a vida como um todo vão mudando ao longo do tempo e acabam por chegar à vida profissional e conduzir algumas práticas. “Se aprendêssemos a ser éticos desde pequenos seria ótimo, mas nem sempre é assim. Existem alguns comportamentos de arquitetos que se assemelham a atos de corrupção, uma vez que são atos escondidos, não declarados. E eu vejo que a tendência nos últimos anos é que esse tipo de comportamento só aumente, uma vez que o número de profissionais vem crescendo e, com isso, a disputa no mercado vai ficando mais acirrada, fazendo com que eles passem a aceitar comportamentos antiéticos”, concluiu.

Para o Coordenador da Comissão de Ética e Disciplina do CAU/BR, Guivaldo D’alexandria, a atitude ética é um atitude individual e, por isso, mais subjetiva. “O indivíduo, conhecendo as normativas que regulam a profissão, deve agir de acordo com a sua decisão. Não é um ato impositivo, e o CAU/BR legisla a partir das necessidades para que se estabeleça um bom convívio, cabendo ao profissional a decisão de seguir ou não. Mas na essência o que deve acontecer é o profissional perceber que ele está a serviço da sociedade, devendo emprestar a ela o seu conhecimento através da prestação de um serviço de competência técnica, com atitudes que sejam as melhores para todos”, pontuou.

De acordo com o presidente do CAU/TO, Silenio Camargo, o evento foi promovido pensando também na ampliação do debate junto aos futuros profissionais e aos clientes desses arquitetos. “Essa discussão é uma discussão nacional e nós temos que alinhar os pensamentos e as diretrizes para sabermos como lidar com o problema, que é a falta de ética”, ressaltou. Ainda segundo o presidente, o conselho do Tocantins não recebeu nenhuma denúncia recente desse tipo de prática, mas, mesmo assim, o debate foi realizado para que esse comportamento não vire uma cultura. “Nós queremos conscientizar tanto os arquitetos quanto os lojistas para que essa prática não venha a se tornar uma cultura, e que os arquitetos possam competir de igual para igual, considerando que quem deve remunerar o arquiteto é o seu cliente e não o fornecedor”, finalizou.  

 

Aprofundamento

O CAU/BR tem promovido, em parceria com os conselhos regionais, debates sobre o tema nos mais diversos estados. Na tarde desta segunda-feira, 3, as comissões de ética do CAU/BR e do CAU/TO debateram o assunto de maneira mais profunda com representantes do Núcleo Tocantinense de Decoração, da Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção e do Ministério Público Estadual. Os debates continuam nesta terça e quarta-feira, sendo fechadas para o público.

COMPARTILHE:


Confira também:


Queda de Braços

Prefeita Cinthia Ribeiro ataca Palácio Araguaia e governo libera servidora para assumir pasta da educação

Mesmo liberando a servidora Cleizenir Divina dos Santos para assumir a educação do município governo não demonstra interesse em participar da gestão Cinthia.

Editorial

Isolada, prefeita Cinthia perde o equilíbrio mirando no Palácio Araguaia

Na postagem desta segunda, a prefeita ataca o Palácio Araguaia. Sem meias palavras falou que o governo estava pegando carona na programação de férias nos eventos de Taquaruçu



Hospital de Amor

Ao completar 10 anos, Leilão Pecuária Solidária volta a Palmas: edição deste ano será dia 9 de novembro

Organizador e realizador do projeto, o leiloeiro Eduardo Gomes anuncia: “Arrecadações serão destinadas integralmente para as obras do Hospital de Amor do Tocantins, em Palmas”


Poluição

Aceiros realizados pela Seder no Parque Estadual do Lajeado auxiliam no combate às queimadas

Neste ano foram realizados cerca de 50 km de faixas ao longo de alguns limites do Parque. A ação resultou na eliminação da vegetação na superfície do solo.


Palmas

Divulgado resultado preliminar dos projetos classificados para concorrerem ao Edital do Itaú Social 2019

Das modalidades apresentadas, o eixo atendimento de crianças e/ou adolescentes, tendo em vista a defesa, proteção e promoção dos direitos do público recebeu quatro projetos


Turismo

Taquaruçu merece um olhar especial por parte das gestões públicas


Defensoria

Dados apontam que 81,6% das pessoas atendidas pela Defensoria Pública vivem com até um salário mínimo


Seciju

Ações contra violações de direitos são realizadas em praias do estado


PM

Ação conjunta da Polícia Civil do Tocantins e da Polícia Militar de Goiás resulta na prisão de homicida foragido de Araguaína


Regularização

Governo inova em gestão e abre portas do Instituto de Terras do Tocantins para estágio em 2019


CPPA

Suspeito de cometer homicídio em 2015 é preso pela Polícia Civil em Araguaína



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira