Wednesday, 26 de September de 2018

Wednesday, 26 de September de 2018

GERAL


Preservação

Produtores rurais da região de Paranã participam de Curso de Proteção de Nascentes e Matas Ciliares

12 Sep 2018    11:15
Divulgação   Produtores rurais da região de Paranã participam de Curso de Proteção de Nascentes e Matas Ciliares

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, (SENAR/TO), instituição presidida pelo presidente, Paulo Carneiro, realizou essa semana o Curso de Proteção de Nascentes e Matas Ciliares, direcionado a produtores do Município de Paranã, região sudeste do Estado do Tocantins. O curso foi ministrado na escola, Euclides Bezerra e contou também com a parceria do Sindicato Rural de Paranã, instituição coordenada pela presidente, Edimee de Cassia Pereira da Costa Tocantins.  

 

Os alunos receberam informações sobre como identificar e classificar nascentes, preparação do local para recuperação, espécies propícias para plantio próximo às nascentes e nas matas ciliares, bem como a legislação ambiental pertinente ao assunto.

 

O instrutor do SENAR, Paulo Henrique Soares Silva, destacou a importância da conscientização e do próprio produtor rural na manutenção das fontes de água.

“Não se faz nada sem água em uma propriedade rural e a cobertura nativa, principalmente a florestal, que se encontra nas matas de topos de morros e ciliares, bem como nas que estão localizadas no entorno das nascentes, é fundamental e estratégico para a manutenção dos lençóis subterrâneos a proteção”, explicou o instrutor.

 

Ele ainda conta que o curso teve como propósito, capacitar pessoas do meio rural para desenvolver práticas de conservação, Recuperação de APPs, mais especificamente margens de Nascentes, de rios, córregos. “Nossa metodologia é simples é baseada em 5 passos que são: conhecer, cercar, limpar, controlar erosões e plantar espécies nativas nestas áreas de APPs comentou Paulo.

 

Para o aluno Rosaldino Soares da Silva, o curso foi muito bom, ele ainda comentou que conseguiu respostas para muitas dúvidas sobre como executar de forma correta o plantio das mudas e sobre como deve ser feita a distribuição de cada espécie nas proximidades das nascentes.

 

“Para mim o curso foi excelente, pois além de aprender o manejo correto, o trabalho de campo serviu como ponta pé inicial para a recuperação da nascente que abastece a propriedade”, completou o aluno.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

4

PARABÉNS!
PARABÉNS!

5

BOM
BOM

5

AMEI!
AMEI!

4

KKKK
KKKK

9

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

2

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

3

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

rural preservação curso

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Irregularidades

Vistoria realizada pelo MPE constata irregularidades em obra da Feira da 307 Norte

Outro problema detectado foi a falta de vigilância para evitar a ação de vândalos durante o período de obra.

Câncer de Pele

TOCANTINS registrou 1703 casos de câncer de pele

Já o câncer de pele do tipo não-melanoma é o de maior incidência na população, porém de mais baixa mortalidade. Comum em pessoas com mais de 40 anos, é raro em crianças e negros, com exceção daqueles já portadores de doenças cutâneas anteriores.




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira