Friday, 28 de February de 2020

GERAL


DRACMA

Professor Júnior Geo oficia autoridades questionando o fim da DRACMA

09 Jul 2019

Preocupado com o fechamento da Delegacia de Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública (DRACMA), o deputado Professor Júnior Geo (PROS) oficiou as autoridades competentes na última segunda-feira, 9, reforçando a sua opinião e solicitando a continuidade da delegacia.

 “Considerando o notório trabalho de combate à corrupção desenvolvido pela DRACMA no Tocantins, ponderando que qualquer redução de pessoal na equipe atrapalhará o desenvolvimento nas operações dessa delegacia, solicitamos a vossa excelência, dentro da necessidade da busca pela verdade e do combate às práticas de dilapidação do patrimônio público, que mantenha a DRACMA na estrutura da SSP, garantindo a liberdade e condições necessárias para que desenvolva suas atividades”, destaca o deputado por meio de ofício.

Os documentos foram encaminhados ao Governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), substituído temporariamente pelo Vice-Governador, Wanderlei Barbosa (PHS), ao Secretário-Chefe da Casa Civil, Rolf Vidal e ao Secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Cristiano Sampaio.

No último mês, quando levantada a possibilidade de uma criação de Diretoria de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado que envolveria a DRACMA, Geo insistiu na necessidade da emenda para que o diretor do departamento fosse um delegado de carreira e não alguém meramente indicado pelo Executivo, mas foi voto vencido. Na última sexta-feira, 5, o Governo, por meio de decreto, que não necessita da aprovação do parlamento, dispôs sobre o fim da delegacia.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

América Latina reforça medidas de proteção contra novo coronavírus

Colômbia repatria cidadãos; Equador destina hospital exclusivo

Segurança

Operações deflagradas pela Polícia Civil contribuem para redução da criminalidade no Tocantins

Equipes cumpriram vários mandados de prisão e apreenderam dezenas de quilos de drogas em todo o Estado


Opinião

Final de uma semana que nem começou

Cada unidade da Federação tem os seus interesses que não podem nunca sobrepor aos interesses gerais da Nação sendo o principal o de ir e vir e o de livre manifestação.


Decisão

Justiça define que Incra não pode desistir de ação e desapropria Fazenda Vera Cruz, no TO

Decisão destaca que insuficiência de dotação orçamentária não pode se sobrepor à efetivação dos direitos fundamentais à moradia, ao trabalho, à alimentação e à função social da propriedade


Oportunidade

IEL Tocantins seleciona estagiários para o Ministério Público


ATS

Obras de extensão de rede são entregues em Palmeirante


Internacional

Novo coronavírus: Itália registra 11 mortes e contágios aumentam


Araguaína

Alegria e interação marcaram o bloquinho das crianças do HMA


Sucesso

CarnaPraça levou mais de 20 mil foliões para a Praça dos Girassóis


Brasil

Skyy Vodka patrocina Carnaval cheio de diversidade



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira