Tuesday, 18 de June de 2019

GERAL


Idoso

Projeto de Lei do vereador Marilon Barbosa que cria o Programa “Cidade Amiga do Idoso” é aprovado na Câmara

16 Aug 2018    22:41

A Câmara Municipal de Palmas aprovou na manhã desta quinta-feira, 16, o projeto de lei de autoria do vereador Marilon Barbosa que cria o Programa “Cidade Amiga do Idoso” em Palmas. O projeto recebeu os votos favoráveis de todos os parlamentares presentes na sessão.

“A aprovação deste projeto é um passo grande que estamos dando na valorização da pessoa idosa em nossa capital, pois, os idosos encontram muitas barreiras em relação à acessibilidade, transporte, saúde, inclusão social, entre outros desafios que os impedem de terem uma melhor qualidade de vida”, disse o vereador Marilon Barbosa, acrescentando que é necessário que as politicas de valorização dos idosos cheguem àqueles que estão nas periferias da cidade, são de baixa renda e ainda não participam de ações e projetos desenvolvidos pelo poder público.

O projeto visa implantar medidas em prol do envelhecimento saudável e da melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas. E prevê que o município desenvolva políticas de valorização e cuidados com a pessoa idosa nas áreas de acessibilidade, transporte, moradia, saúde, respeito e inclusão social, comunicação e informação, apoio comunitário, lazer, alimentação nutricional, inclusão no mercado de trabalho, educação, cultura e incentivo à prática de artesanato e outras atividades afins.

Pelo projeto, o poder público municipal fica autorizado a formalizar parcerias com entidades públicas, privadas e filantrópicas, e/ou com profissionais individuais, para a implantação e execução do Programa "Cidade Amiga do Idoso".

O vereador Marilon Barbosa disse que com a implantação deste programa, o município de Palmas poderá ser referência nacional de cidade que cuida e valoriza os idosos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Vacinação Antiaftosa

Tocantins discute retirada da vacinação antiaftosa com estados que fazem parte do seu bloco

A previsão é de que a retirada da vacinação contra a enfermidade ocorra em 2021 para todo bloco IV

Drogas

Maconha é a droga mais apreendida no Tocantins, revela estatística

O ranking aponta ainda um crescimento das ocorrências registradas no órgão em relação às apreensões de crack. Enquanto em 2017 foram 319 registros, em 2018, este número subiu para 432.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira