Palmas, 13/12/2017

Geral

CAU-TO

ReUnião(Chapa 2) disputa CAU-TO com foco no reconhecimento de Arquitetos e Urbanistas e constituição da sede do Conselho

  • Compõem a chapa: Marcus Gatinho, Pedro Lopes, Thales Fernandes, Ary Montelo, Robson Correa, Eudo Santana, Kemel Tavares, Leíse Vilardi, Walfredo Antunes, Evercino Moura, Hugo Souza, Ana Beatriz Velasquez, Dario Almeida e Luciano Sbroglia

ReUnião(Chapa 2) disputa CAU-TO com foco no reconhecimento de Arquitetos e Urbanistas e constituição da sede do Conselho



Arquitetura, urbanismo e sociedade são as bandeiras da Chapa ReUnião, registrada no processo eleitoral 2017 do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Tocantins (CAU-TO) para a escolha de conselheiros estaduais titulares e suplentes, além de um conselheiro federal titular e um suplente, para o mandato de 2018-2020.
 
A Chapa ReUnião representa os profissionais da área na sua integralidade com propostas de levar para a população a importância social do trabalho dos profissionais de arquitetura e urbanismo e a efetivação do acordo com o Governo Estadual para a constituição da sede da antiga Assembleia Legislativa como sede do Conselho.
 
Compõem a chapa: Marcus Gatinho, Pedro Lopes, Thales Fernandes, Ary Montelo, Robson Correa, Eudo Santana, Kemel Tavares, Leíse Vilardi, Walfredo Antunes, Evercino Moura, Hugo Souza, Ana Beatriz Velasquez, Dario Almeida e Luciano Sbroglia.
 
As eleições 2017 do CAU acontecem no dia 31 de outubro. A votação será realizada exclusivamente via internet. Podem participar os profissionais com cadastro profissional atualizado no SICCAU. O Tocantins deve eleger sete conselheiros estaduais titulares, sete suplentes, um conselheiro federal titular e um suplente.
 
Conheça todas as propostas da chapa:
 
1- Apoio ao IAB-TO para a realização de concursos de projetos e de serviços de planejamento urbano nas esferas municipal e estadual.
 
2- Incentivar a utilização da tabela de honorários do CAU-TO.
 
3- Incentivo para implantação de assistência técnica, segundo a lei, inclusive com criação de Núcleos Regionais pelo menos em Araguaína, Gurupi e Porto Nacional.
 
4- Apoiar a reativação do IAB-TO e a construção da sede própria em terreno já de sua propriedade.
 
5- Levar constantemente ao conhecimento da população a importância social do trabalho profissional do Arquiteto e Urbanista.
 
6- Reconfiguração dos serviços de fiscalização do exercício profissional em convênios com prefeituras e apoio profissional ao dia a dia dos inscritos em suas atividades habituais.
 
7- Efetivação do acordo com o Governo Estadual para constituição da sede da antiga Assembleia Legislativa como sede do CAU-TO.
 
8- Promover o ensino dos princípios éticos através da disciplina Legislativa e Ética Profissional nos cursos de Arquitetura e Urbanismo através de palestras aulas e debates.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus