Monday, 22 de July de 2019

GERAL


Gestão compartilhada

Rogério Ramos preside plenária do CFA

22 Mar 2019    11:11
Divulgação Rogério Ramos preside plenária do CFA

Rogério Ramos, ocupa o cargo de vice-presidência do CFA, até o momento o posto mais alto que um tocantinense já ocupou na autarquia.
Com essa responsabilidade Rogério Ramos assumiu - interinamente - nesta quinta-feira (21), o cargo de presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), em Brasília. Na ocasião, conduziu a plenária do mês de março, apresentou projetos determinados em “pauta” e propôs votação sobre temas relacionados ao Sistema CFA/CRAs e ao profissional de Administração. 
“Esta oportunidade reflete o espírito de gestão compartilhada defendido pela atual diretoria”, ressaltou Rogério Ramos que hoje também ocupa a presidência do CDE/SEBRAE Tocantins.
Além de diretores das Câmaras Institucionais da autarquia e conselheiros federais dos CRAs, o vice-presidente recebeu também no Conselho - o senador da república pelo estado de Tocantins, Eduardo Gomes, para discussões a cerca da profissão.  Na visita cortesia, o senador afirmou aos representantes do CFA que “os profissionais de Administração podem contar não só com o mandado dele no Senado Federal, mas também com a Câmara dos Deputados”. 

Outros assuntos
Entre outros assuntos deliberados pelo plenário estiveram temas como o Relatório de Gestão, Programa de Capacitação em MPEs, Projeto das Câmaras Institucionais e a escolha do Tocantins – como estado sede do Fórum Internacional de Administração (FIA) em outubro de 2019. A FIA é o maior Fórum Internacional de Administração que acontece a cada 2 anos e está na sua décima sexta edição. Em 2017, o FIA foi realizado em Gramado, no Rio Grande do Sul. O fórum, que este ano tem o tema Liderança Empreendedora, reúne palestrantes nacionais e internacionais de renome e se firma como um espa&cce dil;o privilegiado para que se discuta temas relevantes para a ciência da administração.

COMPARTILHE:


Confira também:


Polícia Civil

Operação Walking Dead leva à recuperação de R$ 4,2 milhões em créditos tributários ao Tocantins

Empresa investigada na 2a Fase da Operação procedeu ao parcelamento da dívida pública e terá o inquérito policial suspenso até conclusão do pagamento.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira