Thursday, 03 de December de 2020

GERAL


Meio Ambiente

Sacolas reutilizáveis podem evitar danos

12 Jun 2008

Estima-se que o Brasil consome cerca de 500 bilhões de sacolas plásticas por ano. Os sacos plásticos são compostos por resina sintética originada do petróleo e não são biodegradáveis, sendo difícil determinar com precisão o tempo que levam para se decompor na natureza. Cientistas afirmam que o processo de decomposição do plástico pode durar de 100 a 450 anos, dependo da tipologia do solo.

Várias alternativas para a redução do uso desses materiais têm acontecido no Brasil, principalmente no último biênio, em que os rumores do aquecimento global põem em risco a economia de um país e a estabilidade de todos as nações.

No Tocantins, no final do ano passado, o deputado Marcelo Lelis propôs, na Assembléia Legislativa, um projeto de lei para substituição das sacolas plásticas. De acordo com o deputado, a utilização das novas sacolas plásticas oxibiodegradáveis (OBP), produzidas no Brasil, poderiam minimizar o impacto ambiental no Estado. A proposta ainda está em fase de tramitação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Governo do Tocantins libera R$ 4 milhões do Crédito Popular e beneficia mais de 760 famílias

Em apenas 60 dias após o seu lançamento, a linha Crédito Popular, inicia o mês de dezembro com a liberação de crédito para famílias tocantinenses


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira