Sunday, 20 de September de 2020

GERAL


Unidades prisionais

Seis mulheres são flagradas com drogas e a Secretaria de Cidadania e Justiça alerta ser crime esse tipo de conduta

10 Jan 2020
Seis mulheres são flagradas com drogas e a Secretaria de Cidadania e Justiça alerta ser crime esse tipo de conduta

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Superintendência de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, ressalta que é crime adentrar em unidades prisionais levando drogas e que os servidores estão atentos a esse tipo de tentativa. Diante disso, na quarta-feira, 8, e nesta quinta-feira, 9, seis mulheres foram presas em flagrante em duas unidades prisionais do estado tentando adentrar no ambiente carcerário, em dias de visita, com substâncias análogas a maconha.

O superintendente dos Sistema Penitenciário e Prisional destacou que os agentes de execução penal estão atentos a toda movimentação de reeducandos e seus visitantes dentro das unidades penais tocantinenses. “Nossos servidores são capacitados a desenvolverem protocolos e procedimentos com o intuito de barrar a entrada de ilícitos às unidades do Estado. Esse trabalho é feito com a finalidade de manter a ordem dentro dos estabelecimentos prisionais e a segurança de reeducandos e visitantes”, enfatizou.

As unidades que flagraram as mulheres tentando levar substância análoga a maconha para os reeducandos são: a Casa de Prisão Provisória de Dianópolis (CPP de Dianópolis) que surpreendeu três mulheres na quarta-feira, 8; e a Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP Palmas) que também flagrou três mulheres nesta quinta-feira, 9.

O diretor da CPP de Dianópolis, Mykael Nascimento, conta que o flagrante foi realizado em parceria com a Agência Local de Inteligência (ALI) da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar (2ª CIPM). “De posse das informações, a Equipe de Força Tática fez o flagrante e as mulheres apresentaram o material ilícito, resultando no total de quatro porções de substância análoga ao maconha”. O diretor contou ainda que as mulheres envolvidas foram conduzidas, juntamente com a droga, a central de flagrante do município de Dianópolis para demais procedimentos.

O diretor da CPP de Palmas, Thiago Sabino, falou que os flagrantes ocorreram com o uso do equipamento de imagem, “body scan”. “Três mulheres foram flagradas, durante a triagem de alimentos e revista, portando substância análoga à maconha, somadas as porções, resultam no total de 400g. O objetivo delas era levar o material ilícito para reeducandos do Pavilhão B”. Sabino informa que as mulheres foram encaminhadas à 1º Central de Atendimento da Polícia Civil Palmas para a realização Boletim de Ocorrência (B.O).

Tipo criminal

Além da prisões em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, art. 33 e 40, II, da Lei de Drogas, com pena de 5 a 15 anos, em regime inicial fechado, com aumento de um sexto a dois terços de reclusão, por ter sido cometido nas dependências ou imediações de estabelecimentos prisionais, mais o pagamento de multa; serão instaurados Processos Administrativos Disciplinares (PADs).

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Tocantins registra 259 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 193.657 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.423 casos confirmados. Destes, 46.178 pacientes estão recuperados, 16.379 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.

Covid-19

Tocantins registra 717 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 192.422 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.167casos confirmados. Destes, 45.266 pacientes estão recuperados, 17.035 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.



Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense

Além do corregedor-geral da Justiça, votaram os desembargadores Marco Villas Boas, Moura Filho, Jacqueline Adorno, Ângela Prudente, Eurípedes Lamounier, Maysa Vendramini, Etelvina Maria Sampaio Felipe e, por último, o presidente Helvécio Maia Neto.


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios

Serviços serão executados em Cristalândia, Lizarda e Paranã


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica


Agricultura

Governo do Tocantins e Ministério da Agricultura retomam convênio e fortalece assistência a agricultores familiares



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira