Tuesday, 07 de April de 2020

GERAL


Seagro

Seminário de Ovinocaprinocultura será realizado nesta quarta na Agrotins 2013

07 May 2013

Implantando bases para o desenvolvimento sustentável com geração de renda da ovinocaprinocultura no Tocantins e com o objetivo de aumentar a produção, visando o fortalecimento do setor de forma sustentável, o Governo do Estado, por meio da Seagro – Secretaria da Agricultura e Pecuária realiza, nesta quarta-feira,  dia 8, o Seminário Estadual de Ovinocaprinocultura. O evento faz parte da programação da 13ª Agrotins – Feira de Tecnologia Agropecuária, e acontece a partir das 14 horas, no auditório Nelore do Pavilhão da Pecuária. A feira acontece das 9 às 18 horas, no Centro Agrotecnológico de Palmas e encerra no próximo sábado, 11.

O seminário terá palestras sobre a viabilidade econômica para as criações, perspectivas de mercado da carne e a produção, todos os temas voltados aos ovinos e caprinos. O médico veterinário e palestrante, Custódio Antônio Carvalho Júnior, explica que o seminário será direcionado para produtores iniciantes, mas que interessa a todo criador. “Vamos abordar a criação de ovinos em pastagens, o uso racional de pastagens, a viabilidade econômica e sobre a gestão da atividade, pois o objetivo geral é melhorar a produção com redução de custos”, adianta.

De acordo com a médica veterinária da Seagro Arlette Mascarenhas, a atividade vem crescendo no Estado, atualmente a criação de ovinos e caprinos conta com um rebanho de 124.391 e 21.698 respectivamente. “O Tocantins reúne condições climáticas, técnicas e estruturais para o desenvolvimento da ovinocaprinocultura, visando à produção de leite, carne e couro. Possui ainda disponibilidade de forragens ao longo do ano, mesmo com o período seco”, reforça Arlette, acrescentando que a exploração dessas criações é importante, principalmente para a agricultura familiar, proporcionando aumento de renda.

Agrotins
A feira é promovida pelo Governo do Estado, por meio da Seagro e suas instituições vinculadas (Ruraltins, Adapec e Itertins), em parceria com instituições públicas, iniciativa privada e entidades de classe ligadas ao setor agropecuário. Para esta edição são esperadas 75 mil pessoas, 450 expositores e uma movimentação financeira de negócios (propostas, vendas diretas e negociações futuras) de R$ 350 milhões, durante os cinco dias da feira.

COMPARTILHE:


Confira também:


Seu bolso

Sindiposto-TO diz que preço do combustível no Tocantins não cai por culpa de distribuidoras e pede providências da ANP

Os revendedores destacam que as três grandes companhias, que detém cerca de 70%, estão segurando as quedas de preços da Petrobras, bem como dos biocombustíveis.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira