Thursday, 22 de August de 2019

GERAL


Segurança

Treinamento tático prepara militares da Casa Militar para casos de atentados e ataques

26 Mar 2015

A capacitação iniciou nesta quarta-feira, 25, e segue pelos próximos seis dias em academias de tiro de Palmas.
 
Durante a capacitação, os militares são treinados para situações em meio à multidão, dentro do perímetro urbano. Por isso, o curso contém exercícios de tiro, onde os policiais são acompanhados de perto pelos instrutores, em alvos fixos e móveis, com policial a pé e em viatura em movimento.
 
Segundo o instrutor tenente Dias, a pressão psicológica no policial em ação é violenta e, por isso, deve estar preparado para, mesmo sob pressão, conseguir manter o foco no alvo e evitar acidentes com balas perdidas. O tenente lembra que um bom policial deve resolver as situações de risco já nos primeiros dois tiros.
 
A instrução prevê enfrentamento a obstáculos a partir do momento em que o policial desce da viatura, com bandidos escondidos atrás de um muro, árvore, e como se deve agir para evitar ser surpreendido por um tiro que pode ser mortal. Além disso, há técnicas como a de tomada de ângulo, observando o terreno de ação e agindo em dupla para que um garanta a segurança do outro.
 
Aperfeiçoamento
A prática de tiro mantém o policial sempre atento e preparado para situações de emergência, de acordo com o primeiro sargento Warley Alves Oliveira, que considerou excelente a participação no treinamento. Para ele, as orientações acrescentaram em sua carreira, novos conhecimentos técnicos, atualização em armamento e aperfeiçoamento profissional.
 
Também participando do curso, a soldado Natália, que demonstrou muita aptidão para os exercícios e se saiu muito bem segundo um dos instrutores de tiro, gostou de ter participado do curso.
 
Instrução
De acordo com o capitão Ricardo Apolinário, coordenador do curso, o treinamento está sendo muito proveitoso e os servidores estão obtendo um grande aperfeiçoamento de seus trabalhos e ganhando maior entusiasmo no desenvolvimento da atividade de segurança do Palácio Araguaia e demais dependências do Governo. A intenção é aprimorar a proteção às autoridades do Estado e visitantes.
 
O treinamento de tiro conta com os instrutores, tenente Gleidson, do 1º Batalhão da Polícia Militar de Palmas, do tenente Dias, da Companhia Independente de Operações Especiais da PM do Tocantins, e do capitão Márcio Antônio, subcomandante da Academia de Polícia Militar.
 
O treinamento prevê aulas teóricas, treinamento de manuseio de armas (pistola ponto 40 e SMT 40, armas de grande eficácia em ações em curta distância e em locais urbanos), e ainda o treinamento tático de tiro em pistas de simulação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva

Crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas

Assembleia

Deputados requerem ao Governo obras de recuperação asfáltica

Na mesma sessão, foram aprovados em primeira fase de votação projetos como os que concedem título de cidadania tocantinense ao senador Eduardo Gomes e ao presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino da Silva.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira