Thursday, 23 de May de 2019

GERAL


Justiça

Tribunal do Júri : Eletricista é condenado a 12 anos de prisão por homicídio qualificado na Capital

24 Apr 2019    19:26
Tribunal do Júri : Eletricista é condenado a 12 anos de prisão por homicídio qualificado na Capital

Acusado pelo assassinato de Adriel Alves Gomes no dia 22 de fevereiro de 2016, em Palmas, o eletricista Juliano Gemmus Barbosa da Silva foi condenado por homicídio qualificado, na última na última segunda-feira (22/4), pelo Júri Popular e terá que cumprir 12 anos de prisão, segundo determinou o juiz William Trigilio da Silva, respondendo atualmente pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Palmas e que presidiu o Tribunal do Júri.

Conforme os autos, Juliano iniciou uma discussão com Adriel em um bar, em Taquaralto, e acabou disparando vários tiros que atingiram o punho direito e o abdômen da vítima.  

De acordo com a sentença, a maioria dos jurados reconheceu a materialidade do delito, imputando ao acusado a autoria do fato. Em seguida, os jurados afastaram o quesito genérico da absolvição e reconheceram motivo fútil, ambos pedidos pela defesa do acusado.

Ao realizar a dosimetria da pena, o magistrado seguiu a decisão dos jurados, lembrando que “a condenação do acusado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil, conduta tipificada no art. 121,§2°, inciso II do Código Penal Brasileiro, é medida que se impõe”.

O juiz William Trigilio da Silva determinou ainda que Juliano Gemmus Barbosa da Silva cumpra a pena inicialmente em regime fechado e também negou ao réu o direito de responder em liberdade em razão da manutenção dos requisitos da prisão preventiva que o levou a responder ao processo preso.  

COMPARTILHE:


Confira também:


Investimento

Em São Paulo, governador Carlesse prospecta investimentos em logística, energia solar e indústrias

Também foi discutida possibilidade de instalação de uma montadora de aviões leves em Gurupi

Sisu

Estudantes podem consultar vagas do Sisu

Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtiveram nota na redação acima de zero.


CPI do PreviPalmas

Max Fleury é ouvido na CPI do PreviPalmas

O ex-presidente do PreviPalmas estava no comando quando o instituto fez um investimento na ordem de R$ 30 milhões no Cais Mauá, como também, aplicou R$ 20 milhões no Fundo Tercon.


Fenelon Barbosa

Primeiro prefeito acredita que Palmas será uma das maiores e melhores cidades do Brasil

Ex-prefeito de Palmas conta a história da luta pela criação e construção da mais nova capital do país


Homenageados

Carlesse e vice-governador Wanderlei Barbosa são homenageados em sessão pelos 30 anos de Palmas


Taguatinga

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável no sudeste do Estado


Mandado de prisão

Condenado por roubo é preso pela Polícia Civil em Palmas


Palmas 30 anos

Em entrevista exclusiva, Siqueira Campos diz que Palmas integrou e fortaleceu a economia do Tocantins


Norte do TO

BRK Ambiental leva teatro sobre preservação para mais de 30 escolas do Bico do Papagaio


FORJEF

I Fórum Interinstitucional dos Juizados Especiais Federais do Tocantins termina com balanço positivo



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira