Monday, 10 de August de 2020

JUSTIÇA


Região Central

Cinco suspeitos de integrar facção criminosa são presos pela Polícia Civil em Miracema do Tocantins

05 Jul 2019
Cinco suspeitos de integrar facção criminosa são presos pela Polícia Civil em Miracema do Tocantins

Policiais Civis da Delegacia de Miracema do Tocantins, coordenados pelo delegado Clecyws Antônio de Castro Alves, deflagraram, na tarde desta quarta-feira (3), naquela cidade, uma operação de combate à criminalidade que resultou no cumprimento de mandados de prisões preventivas de cinco indivíduos suspeitos de integrar uma organização criminosa responsável por praticar crimes diversos na região.

No decorrer das ações policiais, foram presos três indivíduos de iniciais V. F. F., 26 anos, J. R. R, 18 anos, e E. R. S, 19 anos. Em seguida, os agentes foram até a Cadeia Pública da cidade, onde deram cumprimento a mandados de prisão preventiva contra J. G. P. L., 18 anos, e M. A. S., 30 anos, que já se encontravam presos pela prática de homicídio tentado.

De acordo com o delegado Clecyws, os suspeitos foram autuados pela prática dos crimes de organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e homicídio tentando, ocorridos em março de 2019 no setor Santa Filomena, quando os indivíduos tentaram matar, a tiros, integrante de facção rival. Poucos dias depois, os suspeitos também efetuaram vários disparos de arma de fogo contra o Hospital Regional da cidade.

“As investigações tiveram início há pouco mais de três meses, quando foram constatadas algumas tentativas de homicídio na cidade. Com o aprofundamento das investigações, descobrimos que todos os indivíduos agora presos, se organizaram com a finalidade de cometer crimes em Miracema e região”, disse o delegado.

Após serem presos, os indivíduos foram recolhidos à carceragem da Cadeia Pública de Miracema, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. A ação policial também contou com apoio de policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM), de Miracema do Tocantins.

Recentemente (26), foi criada, no âmbito da Delegacia-Geral da Polícia Civil do Tocantins, a Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), buscando integrar delegacias especializadas na área e ampliar o enfrentamento a tais crimes.

COMPARTILHE:


Confira também:


Covid-19

Tocantins registra 561 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 31.663 casos no total, destes, 19.341 pacientes estão recuperados, 11.871 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 541 pacientes foram a óbito.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira