Thursday, 18 de July de 2019

JUSTIÇA


JUSTIÇA

Com o apoio da DPE-TO, mulheres em tratamento contra o câncer conseguem indenização por atendimento negado

25 Jul 2018    15:27
Pixabay / Divulgação Com o apoio da DPE-TO, mulheres em tratamento contra o câncer conseguem indenização por atendimento negado

É uma constante a luta contra o câncer. Para uma mulher de 62 anos, assistida pela Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), a luta já dura mais de uma década. Já a servidora pública de 39 anos, também assistida pela DPE-TO, está em tratamento de radioterapia há cerca de um ano. Essas duas mulheres têm algo a mais em comum: tiveram de acionar a Justiça pelo fato de terem o tratamento prejudicado pela operadora do Plansaúde, a Federação Interfederativa das Cooperativas Médicas do Centro-Oeste e Tocantins (Unimed).


Tanto a idosa quanto a servidora pública serão indenizadas, cada uma, em R$ 10 mil pela operadora em ações indenizatórias que chegaram à Justiça por meio da atuação jurídica da DPE-TO. O caso mais recente é o da servidora pública, que teve o processo julgado na última segunda-feira, 23, com a procedência do dano moral.


Ela buscava tratamento para uma neoplasia maligna secundária e não especificada dos gânglios linfáticos da cabeça, face e pescoço, que por orientação médica foi recomendada a radioterapia conformal 3D. O tratamento, inicialmente negado pelo plano de saúde, foi autorizado após pedido da DPE-TO na justiça, em Palmas.  O caso foi acompanhado pelo coordenador do Núcleo Especializado em Defesa da Saúde (Nusa), defensor público Arthur Luiz Pádua Marques.


A ação da assistida de 62 anos foi ajuizada pela DPE-TO, em Araguaína, no Norte do Estado, há três anos. Na época, a ação foi ajuizada pelo defensor público Luís da Silva Sá, que teve o pedido de antecipação de tutela acolhido pelo Judiciário e também a procedência da indenização. Após um recurso da Unimed ter sido improvido no Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), o processo foi transitado em julgado. O caso tramitava na 2ª Vara Cível de Araguaína, acompanhado pelo defensor Pablo Mendonça Chaer, que agora vai ajuizar uma Ação de Cumprimento de Sentença para que a assistida receba o valor da indenização.


A idosa é acometida de câncer de tireóide. Ela fazia o tratamento de radioterapia em Araguaína na rede conveniada, mas teve que continuar em Imperatriz porque a clínica que disponibilizava o serviço teve problemas técnicos com os equipamentos. Depois disso, o impasse foi o Plansaúde liberar alguns procedimentos específicos do tratamento recomendado pelo corpo médico.


O Acórdão considera que a radioterapia figura entre os exames e procedimentos cobertos pelo Plansaúde. E que é cabível dano moral diante da recusa injustificada da operadora em fornecer o tratamento.

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação ROUND II

PF deflagra operação ROUND II e prende casal de traficantes de drogas sintéticas

Durante a deflagração foram apreendidas novas porções de drogas na residência do casal, inclusive ecstasy, o que motivou a prisão em flagrante do casal.

Operação Walking Dead

Nova fase da Operação Walking Dead cumpre mandados no Tocantins, Pará e Maranhão

Simultaneamente, PC-TO apoia operação da Polícia Civil do Maranhão deflagrada a partir de provas da Walking Dead e Falsario. Ao todo, 65 mandados são cumpridos em cinco Estados.



Turismo

Adetuc projeta aumento de turistas e movimentação de mais de R$ 118 milhões na Temporada de Praias 2019

O presidente da Adetuc destacou também o importante papel que órgãos do Governo têm tido para colaborar a realização da temporada de praias deste ano.


Investimento

Wanderlei Barbosa apresenta ações de turismo e cultura à artesãos de Taquaruçu

Wanderlei Barbosa destacou que os turistas vão a Taquaruçu para conhecer as cachoeiras, pousadas e cultura local. “Temos que criar ambientes e capacitar os moradores para fomentar o turismo do distrito.


SSP

Com base em investigações da Polícia Civil Ministério Público denuncia servidora por peculato

Denúncia foi aceita nesta terça-feira (16) pelo juiz Francisco Vieira Filho. Ex-mandatário e ex-gestores públicos estaduais também viraram réu no processo por peculato e falsidade ideológica.


Tocantins

Inscrições para o 1° Prêmio de Jornalismo da Adpeto continuam abertas


Campo

Comunidade rural se torna caso de sucesso por meio do Crédito Fundiário


Segurança

Duas crianças vítimas de acidente de trânsito no Sudeste do Tocantins são resgatadas pela aeronave da SSP


História de transformação

Dona Naninha e família são homenageadas em evento em Natividade (TO)


IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira