Saturday, 16 de February de 2019

JUSTIÇA


Saúde

Estado tem 30 dias para apresentar proposta para fornecedores de medicamentos

23 Mar 2018    15:57
Samuel Daltan Estado tem 30 dias para apresentar proposta para fornecedores de medicamentos

Durante audiência de conciliação, realizada na tarde desta quinta-feira (22), na Justiça Federal, em Palmas, representantes de nove dos principais laboratórios de medicamentos do País e o Governo do Tocantins fizeram acordo para que, no prazo de até 30 dias, o Estado apresente uma proposta com as principais necessidades da Rede Estadual de Saúde. A intenção é concluir, de forma amigável, a Ação Civil Pública que tramita na Justiça Federal que trata do fornecimento de medicamentos contra o câncer para a Secretaria Estadual de Saúde. O acordo foi homologado pelo juiz federal Adelmar Aires Pimenta, titular da 2a Vara Federal de Palmas.

"Estamos pedindo que vocês entrem nas nossas licitações", disse o superintendente de compras da Secretaria, Afonso Piva. Os advogados dos laboratórios cobraram uma proposta por parte do Governo do Tocantins, mas nenhuma foi apresentada. Por tal motivo, concordaram em suspender o processo no período de 30 dias para que o Estado tenha tempo de apresentar uma proposta para ser apreciada pelos fornecedores de medicamentos.

Entenda o caso

Em maio de 2017, a Justiça Federal determinou, por meio de decisão liminar, que 16 laboratórios, de renome internacional, fornecessem medicamentos contra o câncer para o Governo do Tocantins com preços indicados pela tabela CMED - lista elaborada pelo Ministério da Saúde que, em alguns casos, contém valores inferiores aos praticados pelas grandes empresas. Na ocasião, o juiz federal Adelmar Aires Pimenta fixou multa diária no valor de R$ 50 mil em caso de descumprimento da determinação. Desde então, a Ação Civil Pública tramita na Justiça Federal.

O processo foi movido pelo Governo do Tocantins e Ministério Público Federal que alegaram que desde julho de 2016 a Secretaria de Saúde enfrentava dificuldades para abastecer seus hospitais com medicamentos destinados ao tratamento do câncer, pois, de acordo com a ação, nenhum laboratório, dos 42 que participaram da licitação de compra de medicamentos, se prontificou a atender o Poder Público. (Samuel Daltan)

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação Paz e Sossego

Forças de Segurança estaduais participam de mais uma fase da Operação Paz e Sossego na Capital

Para o delegado Túlio Mota, a participação do efetivo da Polícia Civil reforça a integração das forças de segurança no cumprimento de ações que visem garantir o bem-estar dos usuários de estabelecimentos comerciais na Capital.

Porto Nacional

Travessia do Rio Tocantins com voadeiras inicia nesta sexta em Porto Nacional

A ponte continua aberta para pedestres, ciclistas, motociclistas e veículos de urgência e emergência. Técnicos atuam na realização da inspeção da estrutura. Os dados coletados embasará o relatório sobre as condições da via.



Incentivos Fiscais

Empresários aprovam medida do Governo para avaliação dos incentivos fiscais

O decreto publicado, pelo Governo do Tocantins, na terça-feira, 12, que visa fazer um levantamento sobre os incentivos fiscais concedidos pelo Estado, agradou a classe empresarial.


Cirurgias Eletivas

Tocantins cumpre meta e garante mais recursos para realização de cirurgias eletivas em 2019

O cumprimento da meta, segundo o secretário de Estado da Saúde, Renato Jayme, se deu pelo comprometimento de todos os profissionais envolvidos.


Comerciantes

Agtur realiza sorteio dos espaços da Praça de Alimentação do Capital da Fé 2019 nesta sexta, 15

A Agtur oferecerá um curso de manipulação de alimentos e práticas em data a ser definida.


Foco na Humanização

Cinthia reúne secretariado e determina foco na humanização e qualidade dos serviços públicos


Operação Fragmentos

Polícia Civil realiza Operação Fragmentos no Sudeste do Estado


Vistorias no HGP

Defensoria e MPE encontram desassistência a pacientes e falta de 177 medicamentos


Setor Santo Amaro

Prefeitura inaugura praça do setor Santo Amaro nesta quarta, 13


Tarifa de Protesto

Protestar em cartório agora não tem custo para quem cobra dívidas


Saúde

Quantidade de profissionais da saúde ainda é insuficiente, afirmam DPE-TO e MPE em ação civil pública



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira