Sunday, 16 de June de 2019

JUSTIÇA


Saúde

Locação de equipamentos da neurocirurgia será feita mediante depósito judicial, define audiência de conciliação

24 Aug 2018    16:29
Divulgação Locação de equipamentos da neurocirurgia será feita mediante depósito judicial, define audiência de conciliação

O Estado deve apresentar até esta sexta-feira, 24, três orçamentos para locação de microscópio, neuronavegador, aspirador ultrassônico, craniótomo e aparelho de estereotaxia (para biópsia), acompanhado de relatório com as especificações técnicas, para que tais equipamentos possam ser locados mediante depósito judicial, a ser liberado via alvará judicial de transferência para a empresa locadora. O prazo de 24 horas foi definido em audiência de conciliação realizada na tarde de quinta-feira, 23, na Vara de Execuções Fiscais e Ações de Saúde do Fórum de Palmas.

A audiência foi presidida pela juíza Silvana Maria Parfeniuk e contou com a participação do defensor público Arthur Luiz Pádua Marques, do coordenador do Núcleo Especializado de Defesa da Saúde (Nusa) da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO); da Promotora de Justiça Maria Roseli de Almeida Pery; do neurocirurgião Marcio Antonio Figueiredo, coordenador do setor de Neurologia do Hospital Geral de Palmas (HGP); da presidenta do Conselho Regional de Medicina, a médica Jussara de Souza Martins; do subsecretário de Saúde do Estado, Luiz Edgar Leão; e demais representantes do Estado e da Secretaria Estadual de Saúde.

Na audiência, foi apresentado pelo neurocirurgião Marcio Antonio Figueiredo um número atualizado dos pacientes em fila de espera por neurocirurgias no Hospital Geral de Palmas, sendo o total de 140 pacientes. Ainda de acordo com o neurocirurgião, desde a última audiência (realizada no mês de abril) não houve nenhuma evolução significativa no setor, estando 42 pacientes aguardando no próprio hospital e os demais em casa. “Não avançamos em nada desde a última audiência, a fila de espera só cresce e a equipe não tem condições de operar sem os equipamentos adequados. Estamos sobrecarregados e os equipamentos estão sucateados”, declarou o médico durante a audiência.

De acordo com o Defensor Público, a falta de equipamentos, bem como de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), está colocando em risco a vida dos pacientes, tendo em vista a urgência das cirurgias. “O que mais a gente vê nas vistorias é paciente em estado grave, com risco de óbito, que tem a cirurgia suspensa pela falta de um microscópio”, declarou. Segundo Arthur Pádua, 13 pacientes assistidos pela DPE-TO, em fila de espera por neurocirurgias, vieram a óbito somente neste ano.

A Promotora de Justiça Maria Rosely de Almeida Pery destacou que a falta de credibilidade do Estado perante os fornecedores prejudica a aquisição de materiais, em virtude da série de dívidas acumuladas. Para a Promotora de Justiça, "os gastos em saúde devem ser a prioridade de todos os governantes, nos termos da Constituição Federal, pois somente com essa postura, pode-se prevenir óbitos evitáveis e demandas judiciais individuais repetitivas".

O subsecretário estadual de Saúde confirmou a alegação da promotora, reforçando, ainda, que muitas empresas não aceitam cumprir os requisitos da Lei 8.666, pretendendo que os contratos sejam benéficos apenas para a empresa locadora. A locação com pagamento via depósito judicial visasolucionar com maior brevidade a situação, bem como evitar futuros óbitos e gastos ainda mais onerosos com Transferências Fora de Domicílio (TFD).

Na audiência de conciliação, foi definido que o contrato emergencial de locação terá o prazo de 180 dias, devendo o Estado, nesse período, providenciar solução definitiva do problema, adquirindo os equipamentos ou promovendo licitação para nova locação. (Colaborou ascom MPE)

COMPARTILHE:


Confira também:


Mobilização

Cinco mil pessoas foram às ruas nas manifestações da greve geral em Palmas, dizem organizadores

Foram registradas manifestações com adesão dos profissionais da educação em pelo menos vinte cidades no Tocantins

Comunicação

João Neto é exonerado da Secom; Vieira de Melo assume interinamente

Vieira tem uma vasta experiência na pasta, além de ter um perfil assumidamente conciliador no trato com os veículos de comunicação.



Ações

Semana do Governador Carlesse contou com entrega de equipamentos para a PM e discussão sobre a reforma da Previdência

Além da Fenepalmas, o Governador Mauro Carlesse também debateu a necessidade de receber mais investidores privados e afirmou, ao presidente da Acipa, que o Estado está de portas abertas para receber novos empresários que queiram se instalar no Tocantins.


Encontro de Defensores

Governador Carlesse recepciona Defensores Gerais e destaca atuação da Defensoria Pública do Tocantins

Palmas sedia encontro nacional de defensores públicos gerais


Taquaruçu

Movimento pela Vida 2019: Evento traz programação em prol de um mundo melhor

Criado há 19 anos, o Movimento Pela Vida é um coletivo integrado por pessoas de formações e interesses diversos, que atuam no sentido da celebração da vida em seus vários aspectos, como a saúde física, mental e espiritual das pessoas


Pressão

Bancada do TO decide entrar com representação no CADE contra a Gol e obtém sinal verde para jatos da Azul em Araguaína


Negócios

Acipa apresenta projeto da Fenepalmas ao governador Mauro Carlesse


Articulação

Kátia Abreu reune prefeitos da região sul para tratar de pavimentação das cidades


Campo

Ruraltins incentiva criação de abelhas sem ferrão em minicurso na Expoara


Serviço

Tocantins realiza encontro Estadual para o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde


Em Palmas

Centro Integrado de Atendimento a crianças e adolescentes em situação de violência é inaugurado



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira