Sunday, 17 de February de 2019

JUSTIÇA


Saúde

Locação de equipamentos da neurocirurgia será feita mediante depósito judicial, define audiência de conciliação

24 Aug 2018    16:29
Divulgação Locação de equipamentos da neurocirurgia será feita mediante depósito judicial, define audiência de conciliação

O Estado deve apresentar até esta sexta-feira, 24, três orçamentos para locação de microscópio, neuronavegador, aspirador ultrassônico, craniótomo e aparelho de estereotaxia (para biópsia), acompanhado de relatório com as especificações técnicas, para que tais equipamentos possam ser locados mediante depósito judicial, a ser liberado via alvará judicial de transferência para a empresa locadora. O prazo de 24 horas foi definido em audiência de conciliação realizada na tarde de quinta-feira, 23, na Vara de Execuções Fiscais e Ações de Saúde do Fórum de Palmas.

A audiência foi presidida pela juíza Silvana Maria Parfeniuk e contou com a participação do defensor público Arthur Luiz Pádua Marques, do coordenador do Núcleo Especializado de Defesa da Saúde (Nusa) da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO); da Promotora de Justiça Maria Roseli de Almeida Pery; do neurocirurgião Marcio Antonio Figueiredo, coordenador do setor de Neurologia do Hospital Geral de Palmas (HGP); da presidenta do Conselho Regional de Medicina, a médica Jussara de Souza Martins; do subsecretário de Saúde do Estado, Luiz Edgar Leão; e demais representantes do Estado e da Secretaria Estadual de Saúde.

Na audiência, foi apresentado pelo neurocirurgião Marcio Antonio Figueiredo um número atualizado dos pacientes em fila de espera por neurocirurgias no Hospital Geral de Palmas, sendo o total de 140 pacientes. Ainda de acordo com o neurocirurgião, desde a última audiência (realizada no mês de abril) não houve nenhuma evolução significativa no setor, estando 42 pacientes aguardando no próprio hospital e os demais em casa. “Não avançamos em nada desde a última audiência, a fila de espera só cresce e a equipe não tem condições de operar sem os equipamentos adequados. Estamos sobrecarregados e os equipamentos estão sucateados”, declarou o médico durante a audiência.

De acordo com o Defensor Público, a falta de equipamentos, bem como de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), está colocando em risco a vida dos pacientes, tendo em vista a urgência das cirurgias. “O que mais a gente vê nas vistorias é paciente em estado grave, com risco de óbito, que tem a cirurgia suspensa pela falta de um microscópio”, declarou. Segundo Arthur Pádua, 13 pacientes assistidos pela DPE-TO, em fila de espera por neurocirurgias, vieram a óbito somente neste ano.

A Promotora de Justiça Maria Rosely de Almeida Pery destacou que a falta de credibilidade do Estado perante os fornecedores prejudica a aquisição de materiais, em virtude da série de dívidas acumuladas. Para a Promotora de Justiça, "os gastos em saúde devem ser a prioridade de todos os governantes, nos termos da Constituição Federal, pois somente com essa postura, pode-se prevenir óbitos evitáveis e demandas judiciais individuais repetitivas".

O subsecretário estadual de Saúde confirmou a alegação da promotora, reforçando, ainda, que muitas empresas não aceitam cumprir os requisitos da Lei 8.666, pretendendo que os contratos sejam benéficos apenas para a empresa locadora. A locação com pagamento via depósito judicial visasolucionar com maior brevidade a situação, bem como evitar futuros óbitos e gastos ainda mais onerosos com Transferências Fora de Domicílio (TFD).

Na audiência de conciliação, foi definido que o contrato emergencial de locação terá o prazo de 180 dias, devendo o Estado, nesse período, providenciar solução definitiva do problema, adquirindo os equipamentos ou promovendo licitação para nova locação. (Colaborou ascom MPE)

COMPARTILHE:


Confira também:


Norte do TO

Senadora Kátia Abreu reúne prefeitos e secretário estadual de Saúde no Bico do Papagaio

A senadora Kátia Abreu está confiante que o Governo, junto aos prefeitos irão melhorar a saúde na região do Bico e disse que o governador Mauro Carlesse deu total apoio a reunião.

Diálogo

Secretários apresentam plano de reestruturação à instituições dos diferentes poderes do Estado

“O que queremos é que todas as instituições compreendam que a situação em que nos encontramos requer ações imediatas, de modo que possamos ter um estado sustentável a médio e longo prazo”, frisou Edson Cabral.


Itelvino Pisoni

Sistema Fecomércio Tocantins realiza visita a Prefeita Cinthia Ribeiro

A Prefeita Cinthia Ribeiro recebeu com alegria esta possibilidade de parcerias e disse que irá analisar e estudar a construção de uma agenda positiva.


Tocantins

Dispara número de casos prováveis de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

Até o momento, cinco municípios (Araguaína, Gurupi, Monte do Carmo, Paraíso e Porto Nacional) confirmaram casos de Zika no Estado


HGP

Defensoria emite recomendação para Sesau por desassistência na oferta de cirurgias cardiológicas em Palmas


Adapec

Produtor rural pode emitir Guia de Trânsito Animal de qualquer localidade


Segurança

Identificação facial e papiloscópica da Polícia Civil é destaque em operações de combate à criminalidade no Tocantins


Brasília

Damaso fala da responsabilidade do cargo assumido e pede ao Governo apoio para os municípios


UPF

Foragida é presa em flagrante após tentar entrar com celular-relógio na UPF de Palmas


Norte do Estado

Polícia Civil deflagra operação “Walking Dead” e prende contadores suspeitos de praticar vários crimes



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira