Thursday, 12 de December de 2019

JUSTIÇA


CONCURSO

MPE aponta indícios de fraude no concurso da PM e recomenda que governo não dê andamento ao certame

10 Jul 2018

Em razão das suspeitas de fraude no concurso público da Polícia Militar realizado em março deste ano, o Ministério Público Estadual (MPE) expediu, nesta segunda-feira, 09, Recomendação Administrativa ao governador Mauro Carlesse, orientando que o gestor se abstenha de retomar o andamento do certame, que se encontra suspenso por força de decisão judicial. O governador tem 10 dias para informar se cumprirá a recomendação e quais providências serão adotadas.


As supostas irregularidades são investigadas pelo Promotor de Justiça Adriano Neves, titular da 28ª Promotoria de Justiça da Capital. Segundo ele, inúmeras denúncias foram registradas e apontam irregularidades ocorridas em diversos locais de provas, a exemplo de envelopes violados e de aparelhos celulares apreendidos que continham as respostas das provas antes do término de sua aplicação. As suspeitas de fraude podem vir a resultar na anulação do concurso.


Na Recomendação Administrativa, o Promotor de Justiça também destaca que há investigações policiais em curso, ocorrendo em Palmas, Arraias e Araguaína. Nesta última cidade, a investigação resultou, inclusive, na deflagração da Operação Ateleia, realizada no dia 21 de junho, e que obteve a prisão de 14 pessoas suspeitas de terem cometido fraudes nos estados do Tocantins, Maranhão e Piauí. “Se depender do apurado nas investigações em curso, o referido certame deverá ser anulado, seja por via administrativa ou judicial”, disse o Promotor de Justiça na Recomendação. 


(Assessoria de Comunicação do MPE-TO)

COMPARTILHE:


Confira também:


Governo Municipalista

Ao lado de Bolsonaro, governador Carlesse afirma que Governo Municipalista vai gerar mais de 20 mil empregos no Tocantins

Os recursos também serão usados para a construção da nova ponte de Porto Nacional. A obra deve levar aproximadamente dois anos e quatro meses para ser concluída.

Ação

TIM é a primeira operadora a ser nomeada empresa Pró-Ética pela Controladoria-Geral da União

Para receber essa habilitação, o Programa de Integridade da TIM passou por uma criteriosa avaliação de um comitê gestor formado por membros da CGU, do Instituto Ethos, da B3, entre outros.


13º salário

Assembleia antecipa 13º salário dos servidores para esta sexta-feira

A folha do 13º soma R$ 6,5 milhões que, somados aos salários de novembro, pagos no último dia 2, no valor de mais de R$ 13 milhões, totalizam quase R$ 20 milhões injetados na economia tocantinense, neste mês de dezembro.


TJTO

Desembargador Ronaldo Eurípedes nega pedido de liberdade provisória a Iury Italu Mendanha

E arrematou sua decisão ponderando que, “em detida análise da ação penal originária, não se verifica desídia ou omissão, seja da autoridade judiciária ou do Ministério Público, que estão exercendo seus respectivos encargos de forma devida e em conformidade


Seciju

Governo do Tocantins realiza dia D de atendimentos em alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos


Sustentabilidade

Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Lontra e Corda elege novos membros e mesa diretora


Boas novas

Governo apresenta resultados de projetos do Turismo de Base Comunitária no Jalapão, em Brasília


Europa

Comitiva do Tocantins é recebida na Embaixada Brasileira em Madrid


Melhorias

Rodovia que liga Taquaruçú a Buritirana recebe manutenção corretiva e preventiva


Intercâmbio Cultural

Vice-governador e Presidente da Ilha Príncipe manifestam Interesse em Programa de Intercâmbio Cultural



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira