Thursday, 18 de July de 2019

JUSTIÇA


Assassinato

MPE denuncia Iury Mendanha e Silas dos Santos pelo assassinato de Patrícia Aline dos Santos

05 Sep 2018    19:04

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou, nesta quarta-feira, 5, Iury Italu Mendanha e Silas Barreiro Borges dos Santos como autores do homicídio de Patrícia Aline dos Santos, crime que ocorreu na noite de 8 de agosto deste ano, em Palmas, gerando grande repercussão.

Iury Mendanha, que manteve um breve e conturbado relacionamento com a vítima, foi denunciado por crime praticado com cinco qualificadoras: motivo torpe; emprego de meio cruel; dissimulação; emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima; e crime contra a mulher por razões do sexo feminino (feminicídio).

Silas Barreiro Borges dos Santos, que aderiu à prática do crime convencido por Iury Mendanha, foi denunciado por quatro qualificadoras: motivo torpe; dissimulação; emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

De acordo com a denúncia, a motivação torpe é configurada pelo sentimento de propriedade de Iury em relação à vítima, não tendo ele aceitado o fim do relacionamento, sendo que Silas dos Santos aderiu a tal motivo.

Ainda é relatado que, de forma dissimulada, os denunciados foram à residência da vítima e convenceram-na a acompanhá-los, sob a falsa justificativa de que gostariam de conversar sobre uma possível reconciliação do casal. Ocorre que, ao chegarem em local ermo, nas proximidades da Quadra 107 Norte, Iury Mendanha atingiu a vítima com três disparos de arma de fogo, atingindo-lhe o crânio e o abdômen.

Segundo é descrito no laudo pericial, após sofrer os disparos que lhe atingiram o abdômen, Patrícia Aline dos Santos caiu e agarrou-se à vegetação do solo do local, agonizando, momento em que foi executada com disparos efetuados pelas costas da vítima.

O feminicídio fica caracterizado por existirem vastos documentos e depoimentos no inquérito que comprovam episódios de violência doméstica, menosprezo e discriminação de Iury Mendanha com relação à vítima por razões de sexo feminino.

A denúncia contra Iury Italu Mendanha e Silas Barreiro Borges dos Santos foi ajuizada pelo Promotor de Justiça Rogério Rodrigo Ferreira Mota. (Flávio Herculano)

COMPARTILHE:


Confira também:


Alphaville

MPTO atua e empresas são obrigadas a adequar sistema de iluminação de condomínio de Palmas

A sentença que estipula a adequação no sistema de iluminação do condomínio foi proferida pelo juiz Pedro Nelson de Miranda Coutinho, da 3ª Vara Cível de Palmas.

IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária

Procedimento realizado na capital identificou corpo de vítima de incêndio na região Sudeste do Tocantins a partir do confronto entre arcada dentária e prontuário odontológico.


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira