Monday, 24 de September de 2018

Monday, 24 de September de 2018

JUSTIÇA


Saúde

MPE, MPF e DPE voltam a cobrar do Estado oferta de tratamento adequado a pacientes com câncer

21 Aug 2018    15:53

A omissão estatal na oferta de tratamento oncológico adequado a pacientes no Estado do Tocantins é, mais uma vez, alvo de atuação do Ministério Público Estadual (MPE), Ministério Público Federal (MPF) e Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO). Nesta segunda-feira, 20, as instituições de controle expediram recomendação conjunta para que o Estado providencie tratamento efetivo aos pacientes diagnosticados com a doença. O problema é antigo e as instituições alegam negligência e desobediência do governo. 

Na recomendação, as instituições denunciam que pacientes diagnosticados com neoplasia aguardam até três meses para serem consultados com um especialista, demora esta que acarreta o agravamento clínico dos pacientes e, em muitos casos, leva a óbito. As diversas vistorias realizadas no setor de oncologia do Hospital Geral de Palmas (HGP) constataram demora na realização de cirurgias, falta recorrente de profissionais, medicamentos, insumos, e até a suspensão das sessões de quimioterapia. 

As instituições, representadas, respectivamente, pela Promotora de Justiça Maria Roseli de Almeida Pery, pela Procuradora da República Carolina Rosado e pelo Defensor Público Arthur Luiz Pádua Marques, relatam ainda que a desorganização na oferta do serviço acarreta a procura em outras unidades da federação e que somente o Hospital de Amor (antigo Hospital de Câncer de Barretos) realizou mais de 15 mil atendimentos a pacientes do Tocantins no ano de 2017. 

“Desde o ano de 2014, vem sendo constatadas falhas na gestão, resultado da omissão estatal no seu dever básico de garantir o tratamento efetivo aos pacientes oncológicos, e as falhas são as mesmas durante todos os anos”, consta na Recomendação, que relata a negligência contínua do Estado em organizar a oferta do serviço no Tocantins. 

Com base nesses apontamentos, MPE, MPF e DPE orientam, mais uma vez, que o Estado do Tocantins promova o atendimento integral e imediato dos pacientes que precisam de tratamento oncológico, de modo a garantir o início do tratamento no prazo máximo de 60 dias a partir do laudo patológico; a execução de plano emergencial para estruturar o setor de oncologia do HGP; a regularização e oferta de medicamentos, materiais e insumos necessários; e em caso de não atendimento adequado em tempo hábil, dentro do Estado do Tocantins, que seja ofertado tratamento fora do estado, em hospitais que prestem serviços pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ou por meio da rede privada. 

O Estado tem o prazo de 30 dias para informar sobre as providências adotadas para atender às medidas recomendadas, sendo passível de responsabilização pelas consequências danosas à vida e à saúde dos pacientes.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

7

PARABÉNS!
PARABÉNS!

8

BOM
BOM

8

AMEI!
AMEI!

8

KKKK
KKKK

8

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

7

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

9

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

pacientes câncer hospital

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Mundo

Papa pede atenção para detectar novos focos de totalitarismo

Ele pediu para se lembrar "daqueles tempos e pedir ao Senhor que dê o dom do discernimento a todos para detectar a tempo qualquer aumento dessa atitude perniciosa, qualquer ar que enfraqueça o coração das gerações que não viveram aquilo".

Eleições 2018

Carlesse está entre os 6 governadores que podem ser reeleitos em 1º turno, aponta UOL

Além do chefe do Executivo do Tocantins, o portal cita como candidatos que “lideram com folga” as pesquisas Renan Filho (MDB), em Alagoas; Rui Costa (PT), na Bahia; Camilo Santana (PT), no Ceará; Flávio Dino (PCdoB), no Maranhão; e Wellington Dias (PT), no



Palmas

Estudantes tocantinenses vivenciam modalidades esportivas com medalhista paralímpica Terezinha Guilhermina

“Foi um momento muito lindo poder participar de todos esses esportes. O que mais gostei foi a bocha, nunca tinha jogado”, disse Vitória Aparecida Neres, de 13 anos, da Escola Municipal Darcy Ribeiro, de Palmas.


Ocorrência

Polícia Civil prende homem suspeito de cometer assalto à mão armada em Paraíso

Conforme o Delegado Regional José Lucas Mello, o crime foi praticado em abril de 2018


Campanha em Araguatins

Em Araguatins, aliados exaltam gestão Carlesse: “É o Governador que está consertando o Tocantins”

Do Bico do Papagaio, o candidato à reeleição ao cargo de deputado estadual Amélio Cayres (SD) enfatizou os projetos de Carlesse para sua região.


Pecuária

Seagro oportuniza discussão sobre caprinocultura do leite em palestras na Expopalmas


Pesquisa Fieto

Pesquisa Fieto/Vetor indica vitória de Carlesse no primeiro turno


Polícia Fazendária

Estado terá Batalhão da Polícia Militar Fazendária


Saúde

Instalação da máquina de radioterapia de Araguaína deve ser concluída em 90 dias


Esporte

Meia Maratona do Tocantins será realizada dia 1º dezembro com premiação de mais de R$ 55 mil


Ocorrência

Polícia Civil prende suspeito por tráfico de drogas no Extremo Norte do Estado



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira