Sunday, 20 de September de 2020

JUSTIÇA


Justiça

MPF obtém condenação de Ibama, ICMBio, Funai e União para proteção de índios refugiados

23 Jul 2020

Atendendo ao pedido do Ministério Público Federal, a Justiça Federal proferiu, nessa segunda-feira. 20, sentença que obriga a União, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) a Funai (Fundação Nacional do Índio) e o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) a adotarem medidas necessárias à proteção de indígenas refugiados no interior da Ilha do Bananal, região conhecida como “Mata Mamão”.


Para o MPF, a proteção da área é necessária, pois qualquer contato de pessoas não indígenas com membros desse grupo refugiado, sem tomar as devidas precauções, já é, ainda que não violenta a abordagem, uma fonte de risco para os indígenas, em razão da baixa imunidade a doenças. Além disso, há relato do assassinato de índios Ãwa na região.


União, Ibama e Funai devem, em até 60 dias, formarem uma Frente de Proteção Etnoambiental para proteger as localidades onde há indícios da presença de indígenas isolados. O ICMbio deve, dentro de suas atribuições, restringir ingresso e trânsito de terceiros nessas localidades que se encontrarem dentro do Parque Nacional do Araguaia

Nacional do Araguaia.


A sentença também confirmou decisão que deferiu a tutela de urgência, assim as entidades devem estabelecer, em 120 dias, área de restrição de ingresso e trânsito de terceiros na região, também nesse prazo devem apresentar o plano de trabalho e medidas para localizar e qualificar os registros da existência dos Avá-Canoeiro na Mata do Mamão, identificando as principais ameaças ao grupo, devendo determinar se grupo indígena está em situação normal, de refúgio, de isolamento ou de recente contato. O cumprimento das providências previstas no plano de trabalho deve ser comprovado bimestralmente.


Em caso de descumprimento está prevista multa diária de R$ 5.000,00, limitando o valor a 10% do orçamento da Funai para o ano em curso.

COMPARTILHE:


Confira também:


Covid-19

Tocantins registra 717 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 192.422 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.167casos confirmados. Destes, 45.266 pacientes estão recuperados, 17.035 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.

Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense

Além do corregedor-geral da Justiça, votaram os desembargadores Marco Villas Boas, Moura Filho, Jacqueline Adorno, Ângela Prudente, Eurípedes Lamounier, Maysa Vendramini, Etelvina Maria Sampaio Felipe e, por último, o presidente Helvécio Maia Neto.


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios

Serviços serão executados em Cristalândia, Lizarda e Paranã


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica


Agricultura

Governo do Tocantins e Ministério da Agricultura retomam convênio e fortalece assistência a agricultores familiares



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira