Saturday, 07 de December de 2019

JUSTIÇA


Eutropin

NUSA recomenda substituição de medicamentos fornecidos pelo Estado

16 Dec 2014

O NUSA – Núcleo de Defesa a Saúde da Defensoria Pública do Tocantins protocolou na manhã desta quinta-feira, 11, na SESAU – Secretaria Estadual de Saúde a Recomendação que pede a substituição do medicamento Eutropin do fármaco Somatropina fornecido para o tratamento de crianças e adolescentes com quadro clínico de deficiência de hormônio de crescimento.

O medicamento Eutropin, atualmente disponibilizado pela SESAU aos pacientes em tratamento, tem causado várias reações adversas, sendo comum os relatos de efeitos colaterais – dor de cabeça intensa, ardor no local da aplicação – e com isso a rejeição por quem é usuário. A Defensoria Pública ressalta que o direito à saúde compreende não apenas o fornecimento ou prestação do serviço, mas, sobretudo, a qualidade de vida do paciente. Nesse sentido, apesar do medicamento ser fornecido a menor preço, a justificativa orçamentária não pode se sobrepor a qualidade de vida daqueles que necessitam do tratamento, além disso, foi verificado um desperdício da medicação e do dinheiro público, pois as crianças e adolescente que usam o Eutropin 4UI só podem realizar uma aplicação, de forma imediata, a sobra das ampolas não pode ser reaproveitada e devem ser descartada.

As reclamações no uso do referido medicamento foram registradas também nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Norte, Goiás e Espírito Santo, nesse último, inclusive, já existe decisão judicial favorável para a substituição do medicamento levando em consideração a qualidade de vida dos pacientes.

Diante da situação apresentada, o pedido do NUSA é que o Secretário de Saúde realize a substituição do medicamento Eutropin por outro similar, de preferência, pelo Hormotrop, que vinha sendo utilizado sem reclamações de males, dores e ardores sentidos pelas crianças, a ser entregue aos pacientes que apresentarem laudo médico prescrevendo a necessidade da substituição, diante das reações adversas e prejudicialidade do tratamento devido a não adaptação ao Eutropin, observadas as exigências legais e técnicas, além do precedente judicial do Tribunal de Justiça do Espírito Santo e das informações fáticas colhidas diretamente de quem faz uso da referida medicação.

Em nota enviada ao jornal O GIRASSOL, a Aspen Pharma, farmacêutica detentora da marca Eutropin (Registro MS: 1.0556.0001) e responsável pela comercialização do mesmo, informa que não há qualquer problema com a substância Somatropina, utilizada no medicamento em questão.

O hormônio de crescimento Eutropin passou por análise rigorosa recentemente para verificação da possível relação do mesmo com episódios de dor, durante aplicação em pacientes de 8 a 14 anos, e nada foi constatado contra o medicamento. A Aspen Pharma, que atua no mercado farmacêutico brasileiro desde 2009, garante a segurança e confiabilidade do produto.

Sobre os episódios de dor, relatados por alguns pacientes, a empresa afirma que tal reação adversa é prevista em bula. Além disso, especialistas asseguram que é fundamental levar em consideração a idade do paciente em casos de queixas de dor durante aplicação de injeções e vacinas. Há pessoas mais suscetíveis a dor do que outras.

Outro fator que pode explicar o que torna as injeções doloridas, segundo especialistas, é que a pressão osmótica - força que o líquido aplica para atravessar as membranas do organismo -, da solução injetada é maior que a dos fluidos biológicos do organismo. Autoridades no assunto explicam que a pressão é maior porque todo medicamento precisa romper as barreiras de proteção do organismo, que são feitas geralmente por membranas, para alcançar a corrente sanguínea. Por isso, quanto maior o volume de medicamento, maior a pressão sobre os músculos para penetrar em tais membranas.

Embora haja explicações científicas que comprovem a eficácia e segurança do medicamento, a Aspen Pharma se coloca à disposição para auxiliar hospitais, enfermeiros e familiares na melhor administração do medicamento a fim de que qualquer desconforto seja amenizado.

COMPARTILHE:


Confira também:


Meio Ambiente

Governo do Tocantins participa do maior evento de Mudanças Climáticas do mundo

O vice-governador Wanderlei Barbosa representará o Tocantins na Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, a COP 25


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira