Wednesday, 14 de November de 2018

JUSTIÇA


Polícia Federal

PF investiga organização criminosa responsável por fraudes bancárias pela internet

27 Apr 2018    12:55

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nessa manhã (26) a Operação Backdoor, visando desarticular grupo criminoso especializado em fraudes bancárias pela internet, nos estados de Tocantins, Maranhão e Goiás.

Mais de 70 policiais federais cumprem 24 mandados judiciais expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Augustinópolis, sendo oito mandados de prisão preventiva e 16 mandados de busca e apreensão.

A investigação teve início em decorrência da Operação Cracker, deflagrada em 2017 em Araguaína. Perícias realizadas nos computadores apreendidos de dois investigados identificaram um rol de criminosos especialistas em fraudes via internet.

O grupo atuava criando páginas falsas de lojas virtuais e as anunciavam via Facebook. A vítima ao clicar no anúncio falso era remetida a página de loja virtual clonada. Achando que se tratava de uma loja virtual verdadeira a vítima realizava uma compra e pagava o boleto. No entanto este boleto pago pela vítima era, na verdade, referente a produtos já adquiridos pelos fraudadores na loja virtual verdadeira. Desta forma, a vítima pagava pelo boleto da compra realizada pela quadrilha. O prejuízo foi estimado em aproximadamente 10 milhões de reais.

Os criminosos devem responder pelos crimes previstos no anos art. 154-A, art. 155, §4º, art.171 e art. 288 do CP tendo em vista indícios de atuação de diversas pessoas em atividade criminosa de furto mediante fraude pela internet contra instituições financeiras e comerciais, invasão de dispositivos de informática e estelionato cometidos em diversos estados.

O nome da operação faz referência ao nome dado ao software nocivo que era infiltrado no computador da vítima de forma ilícita para realização dos atos criminosos. 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

0

PARABÉNS!
PARABÉNS!

0

BOM
BOM

0

AMEI!
AMEI!

0

KKKK
KKKK

0

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

0

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

0

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Operação Backdoor Fraudes Polícia Federal

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Investigação PreviPalmas

CPI visa reaver valor aplicado irregularmente

Em reunião na última segunda-feira, 12, foi deliberado pelos membros da Comissão novas datas para as oitivas, nas quartas às 17h30 e nas quintas às 18h. Além disso, foram apresentados novos nomes para que compareçam e possam esclarecer questionamentos.

LDO 2019

Solicitações do SISEPE são incluídas na LDO 2019

Sindicato requereu a previsão de receita para pagamento da data-base 2019 e seus retroativos e das progressões




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira