Saturday, 22 de February de 2020

JUSTIÇA


SSP

Segurança Pública do Tocantins padroniza atendimento às vítimas de violência doméstica

08 Jan 2020
Antônio Gonçalves/Governo do Tocantins Segurança Pública do Tocantins padroniza atendimento às vítimas de violência doméstica

Já está em vigor a Instrução Normativa que padroniza os atendimentos às vítimas de violência doméstica, familiar e sexual em todas as Centrais de Atendimento da Polícia Civil e na Central de Atendimento à Mulher 24h (CAM-24h), inaugurada em outubro do ano passado em Palmas. O objetivo da normativa é evitar a revitimização da pessoa que sofreu quaisquer tipos de violência desses gêneros.

Dentre as várias considerações e recomendações, a instrução impõe capacitação periódica a todos os servidores que compõem o corpo de plantonistas que atuam na Central Atendimento à Mulher - 24 horas/CAM - 24h - Palmas, em relação ao protocolo de atendimento ou à humanização do atendimento.

A Instrução assegura ainda que a mulher tenha salvaguardada a sua integridade física, psíquica e emocional. A investigação deverá ser feita em recinto especialmente projetado para esse fim, que contará com equipamentos próprios e adequados à idade da mulher em situação de violência doméstica e familiar ou testemunha e ao tipo e à gravidade da violência sofrida. Quando necessário, a inquirição será intermediada por profissional especializado em violência doméstica e familiar designado pela autoridade policial ou judicial.

Verificando-se risco iminente à vida da vítima, o policial responsável pelo atendimento deverá questioná-la sobre a necessidade de encaminhamento para Casa Abrigo. Quando houver requerimento de Medidas Protetivas de urgência, será solicitado que a vítima preencha o formulário nacional de avaliação de risco e proteção à vida, estabelecido pela Resolução nº 284 do Conselho Nacional de Justiça.

Da mesma foram, nos casos de atendimento às vítimas de violência sexual, as instruções são claras e sempre pautadas no atendimento humanizado. Procedimentos, como a recepção da vítima na Unidade Policial, perguntas e conduta do policial responsável no atendimento às vítimas de crimes que atinjam a dignidade sexual devem ser respeitosas e solidárias, não expondo a vítima a qualquer tipo de constrangimento.

Conforme a Instrução, o servidor que atender uma pessoa vítima de violência sexual deve acolhê-la, bem como manter discrição sobre o tipo de violência sofrida, além disso, em caso de violência sexual é fundamental que a equipe de atendimento tenha consciência de que a mulher é vítima e, nesse viés, suas roupas, maquiagem, acessórios, amigos, vida social, local onde se encontrava não determinam que ela seja responsável ou culpada pelos fatos. Todos os artigos e incisos da Instrução Normativa podem ser conferidos na edição 5.505 do Diário Oficial do Estado.

COMPARTILHE:


Confira também:


Palmas

CarnaPraça tem programação de três dias e atrações nacionais

Por meio da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa, Governo do Estado apoia evento que tem início nesta sexta.

Ageto

Governo realiza manutenção do acesso ao ponto turístico da Lagoa do Japonês

O trecho é caminho para a Lagoa do Japonês, um dos principais pontos turísticos do estado, na região sudeste.


Segurança

Governador Carlesse viabiliza horas extras e PM e Bombeiros terão mais efetivo nas ruas

Medida visa melhorar a qualidade do serviço de Segurança Pública oferecido pela população


Assembleia

Projeto que contempla o esporte é destacado por parlamentar

A ação beneficia mais de quatro mil crianças e adolescentes com aulas gratuitas de atletismo, dança, futebol, futsal, karatê e society. O objetivo é estimular a prática esportiva e promover inclusão e cidadania.


ALETO

Assembleia aprecia emenda à MP que instituiu o Fundo Rotativo do Sistema Penitenciário


Tocantins

Roteiros de ecoturismo garantem lazer para quem busca opções sem folia


Mudança

Davi Goveia Junior assume presidência da ATS


Palmas

Restaurante Ermenilde entra no ritmo do Carnaval com programação musical especial para a folia


Ocorrência

Polícia Civil apreende mais de 70 quilos de maconha na região norte da Capital


Meio Ambiente

Parceria entre órgãos ambientais e chacareiros resulta em restauração de área degradada



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira