Tuesday, 25 de September de 2018

Tuesday, 25 de September de 2018

OPINIÃO


Frida Kahlo

110 anos de uma mulher intensa

08 Mar 2017

Dia 8 de março é celebrado o Dia Internacional da Mulher e, dia 6 de julho, é o 110º aniversário da artista plástica mexicana Frida Kahlo (1907 - 1954). Sua temática, essencialmente autobiográfica, suscita uma reflexão sobre o próprio ato de viver - e isso independe dos fatos de der mulher ou de ser latina.
 
Nessa universalidade, porém, é claro que há características muito peculiares, como o cabelo, símbolo da feminilidade; a cama e a coluna vertebral, que apontam para as suas terríveis dores físicas, desde o terrível acidente automobilístico que sofreu na juventude; e a onipresença do muralista Diego Rivera, sua complexa relação amorosa e afetiva.
 
Há em Frida uma intensidade que a mantém sempre atual. Ela se faz presente em seus diários, na célebre Casa Azul, hoje Museu Frida Kahlo, nas fotos e pinturas em que o casal surge junto; e nos elementos visuais que caracterizam as imagens criadas pela artista, como as flores, a vegetação e o sol.
 
Frida manteve o sonho vivo por mais áspero que fosse seu cotidiano. Tornou-se um mito e construiu uma narrativa sobre si mesma que gera diversas interpretações. Conhecendo melhor a mulher e a artista, mergulhamos com densidade em nós mesmos e num mundo além do sexo, da sexualidade, da biografia e do local em que nascemos.
 
*Oscar D´Ambrosio, doutor em Educação, Arte e História da Cultura, mestre em Artes Visuais, atua na Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

11

PARABÉNS!
PARABÉNS!

10

BOM
BOM

11

AMEI!
AMEI!

11

KKKK
KKKK

9

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

8

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

5

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Câncer de Pele

TOCANTINS registrou 1703 casos de câncer de pele

Já o câncer de pele do tipo não-melanoma é o de maior incidência na população, porém de mais baixa mortalidade. Comum em pessoas com mais de 40 anos, é raro em crianças e negros, com exceção daqueles já portadores de doenças cutâneas anteriores.

Hortas

Reeducandos começam a consumir verduras produzidas nas hortas da CPP Palmas e UTPBG

A horta da CPPP ainda está produzindo salsa, pimentão, rúcula, tomate, pimenta, melão, melancia, caju, acerola, milho e feijão.




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira